Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Maio 24, 2022

Kizomba de 2015

João Vasco AlmeidaPoeminha de balanço para uma Kizomba de fusão
(feat. retalhos lindos das mais espectaculares musiquinhas do ano)

Tava aqui a pensar
Comé que t’ia sacar
Do banco bom pró banco mau
O que falta no capital
Tu bem sabes
A venda agora é tipo battle
O Banif já caiu
O Montepio não ruiu
O Novo Banco (so what, so what)
Mete a mão no aforrador
Instituição
é que paga a dor

REFRÃO

Eu não faço questão
Não, Não, Não. Não
Que voltes prá prisão
Não, Não, Não. Não
Tás bem cá em Lisboa
Até vais á televisão
O teu sucessor morreu
Traído p’la inacção
Se ouves Passos
No corredor
Chegou primeiro
E cheio de dor
Levou um chuto no butt
Chuto no butt
E agora é oposição
Não, Não, Não. Não

Tu ouve lá
Já chega de terrorismo
Se ouvires a canção
Ela tá cheia de machismo
Mas por causa das mentiras
das promessas sem sucesso
eu não confio
em mais nin-nin-nin-ninguém
P’ra combater
as forças do além

Só prácabar
Vou-te dar os parabéns
Tu queres é o Marcelo
Nas palhinhas de Belém
Lá dentro tens a voz
A puxar-te prá Marisa
Até o Padre Edgar
Te puxava p’la camisa
Sabes que o power tá em ti
Mas o prof na TV dá-te a volta ao umbigo:
Eu queria dizer que não
Mas estou contigo
Eu queria dizer que não
Mas não consigo

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

1 COMENTÁRIO

Comentários estão fechados.

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -