Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Outubro 16, 2021

Manifestação de universitários em Timor-Leste provoca feridos e prisões

J.T. Matebian, em Timor-Leste
Correspondente em Timor-Leste.

O Movimento de Estudantes Universitários de Timor-Leste, oriundos da Universidade Nacional de Timor Loros´ae (UNTL), a única universidade pública de Timor-Leste, e de universidades privadas, manifestaram-se hoje, dia 21 de Agosto de 2017, pelas 9h30 (horas locais), frente ao Parlamento Nacional de Timor-Leste.

A onda de protestos teve início há alguns dias com conferências de imprensa realizadas pelos estudantes, na sequência de uma decisão do Parlamento Nacional conducente à venda de viaturas Toyota Prado, em leilão, pelo valor de 8 mil USD americanos, mas ao que tudo indica um concurso fechado, viaturas de qualidade elevada e que ainda se encontram ao serviço dos deputados actuais.

Os estudantes universitários timorenses entendem que esta deliberação parlamentar está errada, interpretando-a publicamente como uma prática de corrupção, porque na opinião dos mesmos as viaturas em questão deveriam servir de transporte aos 65 deputados que deveriam tomar posse no dia 22 (amanhã) e as restantes serem disponibilizadas a organizações de solidariedade social.

Devido a esta manifestação, a tomada de posse dos novos deputados agendada para dia 22 deverá ser adiada, bem como o anúncio dos membros que irão integrar o VII Governo Constitucional.

Esta contestação estudantil provocou diversos danos a viaturas oficiais, conhecidas por terem nas portas a designação “Kareta Estado”, mas também da RTTL (Rádio e Televisão de Timor-Leste), tendo-se registado várias prisões, e feridos, uma situação que pela sua gravidade originou no local a intervenção do próprio Ministro do Interior.

O Jornal Tornado soube que ao final da tarde, em Díli, as ruas ao redor do Parlamento Nacional estavam encerradas ao trânsito, com a presença de forças policiais. 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -