Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Novembro 28, 2021

Manoel de Oliveira em “Grande Plano” no Porto

MO8Entre 10 de Novembro e 12 de Dezembro, o Teatro Municipal do Porto (Rivoli e Campo Alegre), bem como o auditório do Museu de Serralves e o Cinema Passos Manoel, vão apresentar toda a obra cinematográfica de Manoel de Oliveira. Ao todo, serão 38 sessões inseridas no ciclo de cinema “Grande Plano” que, além de homenagear o realizador falecido em Abril deste ano, proporcionam a oportunidade de descobrir ou rever todos os seus filmes.

Esta retrospectiva é a primeira homenagem realizada a título póstumo e arranca já na próxima terça-feira, pelas 19h, no Auditório de Serralves com os filmes “Douro, Faina Fluvial” (1931), “Hulha Branca” (1932), “Já se fabricam automóveis em Portugal” (1938) e “Famalicão” (1940).

Segue-se, a 11 de Novembro, no Rivoli, pelas 22h, a exibição de “Aniki-Bóbó” de 1942 e, no dia seguinte, no mesmo local, “O Pintor e a Cidade” (1956) e “O Pão” (1963). A programação segue durante todo o mês, até 12 de Dezembro, de forma cronológica, com sessões em todos os locais referidos.Aniki

Já a 10 de Dezembro decorrerá no Teatro Municipal Rivoli uma mesa redonda sobre a obra de Manoel de Oliveira. A programação total pode ser consultada nos sites da Câmara Municipal do Porto e do Museu de Serralves.

Esta é uma organização do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal do Porto e da Fundação de Serralves com programação de António Pedro e produção de Sérgio Marques. O preço dos bilhetes para cada sessão é de 3€ e o passe total custa 30€.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -