Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Janeiro 24, 2022

MONSTRA 2017 – Grande Prémio para “Ma Vie de Courgette”

José M. Bastos
Crítico de cinema

Realizado por Claude Barras, o filme franco-suíço “Ma Vie de Courgette” foi o grande vencedor da 16ª edição da MONSTRA – Festival de Animação de Lisboa que chegou ao fim. Foi o vencedor do Grande Prémio e também do Prémio do Público.

Premiado em 2016 em Annecy, Angoulême, San Sebastián, Namur e com a distinção para o melhor filme europeu de animação, em 2017 conquistou o “Cesar” e foi nomeado para o “Globo de Ouro” e para o “Oscar”.

Concebido a partir do romance “Autobiographie d’une courgette” de Gilles Paris, o filme conta a história de um rapaz que após a morte da mãe é acolhido por um orfanato. A distribuição em Portugal de “A Minha Vida de Courgette” já está assegurada e a estreia da exibição comercial está agendada para 11 de Maio.

Restantes Prémios

Nome consagrado da animação portuguesa Pedro Serrazina (“Estória do Gato e da Lua”, “Os Olhos do Farol”) conquistou o Prémio SPA Vasco Granja, que premeia o Melhor Filme Português, com “É Preciso que eu diminua”, vídeo sobre uma canção de Samuel Úria.

Ludovigo e Luca – A Grande Corrida do Queijo”, do norueguês Rasmus A. Sivertsen, com o galardão para Melhor Filme para a Infância e Juventude e “Louise en Hiver” filme francês de Jean-François Laguionie, com o Prémio Especial do Júri, estiveram em destaque na secção de longas-metragens.

Nas curtas-metragens o Grande Prémio Monstras Curta foi para “Peripheria”, do francês David Coquart-Dassault e “Chatear-me-ia morrer tão joveeem…”, de Filipe Abranches venceu a competição nacional.

Na secção Curtíssimas, constituída por filmes com menos de dois minutos de duração, as vencedoras foram a belga Jasmijn Cedee com “Toer” Circuito de Bicicleta (competição internacional) e Andreia Reisinho Costa com “A Lenda de Stingy Jack” (competição nacional).

Olha Apenas para Mim” filme japonês de Tomoki Misato, e “Lugar em Parte Nenhuma” de Bárbara de Oliveira e João Rodrigues foram os vencedores da Competição de Estudantes.

O filme russo “Moroshka”Amoras de Polina Minchenok recebeu o Grande Prémio Monstrinha, área do festival expressamente destinada às crianças.

É Preciso que eu diminua
É Preciso que eu diminua

Ludovigo e Luca – A Grande Corrida do Queijo
Ludovigo e Luca – A Grande Corrida do Queijo

Louise en Hiver
Louise en Hiver

Peripheria

Chatear-me-ia morrer tão joveeem…

Toer

A Lenda de Stingy Jack

Olha Apenas para Mim

Lugar em Parte Nenhuma

Moroshka

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -