Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Julho 20, 2024

Este Natal ofereça o Islão

Alexandre Honrado
Alexandre Honrado
Historiador, Professor Universitário e investigador da área de Ciência das Religiões

Nem as fronteiras do mundo nem as fronteiras do homem estão definidas, estando hoje incertas como nos momentos mais incertos, e uma aparente bonança pode ser o prenúncio tristemente anunciador de uma grande tempestade – e vice-versa.

É assim também nos pequenos detalhes da convivência das espécies – e nos grandes desafios culturais que o tempo nos reservou e impõe.

Este Natal, por isso mesmo, na hora de escolher uma prenda, é bem provável que essa tendência se agigante e se inclua na lista dos presentes a dar, por exemplo, «O Islão: Ontem e Hoje», um livro da autoria de John M. Owen.

Amenidades culturais

Não escondo que me antecipei e que já tenho a obra e a leitura concluída. Por razões de ordem profissional e pessoal: dou aulas no Mestrado de Ciência das Religiões, em algumas das suas mais fascinantes facetas – e interesso-me particularmente pelo estudo do Islão, em especial no que desenvolvemos no Instituto de Estudos Islâmicos Al-Muhaidib.

Owen partilha comigo outras coincidências e gostos, como os estudos da Paz, uma das áreas mais urgentes (e ingratas) das aprendizagens nos tempos de hoje, tão subjugados pelos conflitos e pelos preconceitos que deles sempre resultam.

Owen fala, talvez por causa dessas amenidades culturais, que tanto nos enriquecem enquanto seres humanos, uma linguagem quase dócil, uma arquitetura pelo espírito que resulta numa prosa de grande envolvimento.

Mesmo quando muito profunda, é uma linguagem intelectual sólida que se entende – como aliás é apanágio das melhores linguagens intelectuais que, quando são sólidas e profundas, chegam sempre mais longe e mais dentro dos outros – um tipo de abordagem que , confesso, eu gosto muito.

É um erro antigo a capacidade egoísta de politizar o religioso. A história aponta-nos uma sucessão tremenda de fracassos e equívocos, e o homem político e o religioso acabaram por tornar-se inimigos sempre que pensaram ser um só. Hoje, entre outros exemplos menos flagrantes, o Islão político entrou na prioridade dos debates. É sobre esse arquétipo que Owen propõe reflexões. «Como pode o mundo ocidental de hoje responder aos desafios do Islão político?». Para responder a esta questão, o autor compara a luta entre o islamismo e o secularismo a outros choques ideológicos ocorridos na história do Ocidente.

Conflitos

John M. Owen examina os últimos conflitos – como foram apoiados por redes subterrâneas, como fomentaram o radicalismo e a revolta e como desencadearam intervenções estrangeiras e conflitos internacionais –, apresentando-nos uma perspetiva inovadora sobre o Islão político.
Das melhores definições do autor, a Publishers Weekly exalta o que já dissemos:

«Owen é generoso, racional e equilibrado (…). É suficientemente astuto para entender a amplitude das diferenças práticas que bloqueiam a resolução de conflitos.»

«O Islão político tem sido muitas vezes comparado a movimentos ideológicos do passado, como o fascismo ou a teocracia cristã. Será que essas analogias são válidas? Como pode o mundo ocidental de hoje responder aos desafios do Islão político?

John Owen compara a luta entre o islamismo e o secularismo a outros choques ideológicos ocorridos na história do Ocidente e examina os últimos conflitos – como foram apoiados por redes subterrâneas, como fomentaram o radicalismo e a revolta e como desencadearam intervenções estrangeiras e conflitos internacionais.

Owen inclui na sua análise as origens e dinâmicas das lutas do século XX entre comunismo, fascismo e democracia liberal, sem descurar os conflitos religiosos dos séculos XVI e XVII e os antagonismos do final do século XVIII e XIX entre monarquia e republicanismo. A síntese ajuda-nos a compreender as revoltas atuais no mundo muçulmano, de olhos postos na história da civilização ocidental e nas questões inquietantes associadas à organização das nossas sociedades.»

Nota biográfica

John M. Owen
Especialista em Ciência Política e Relações Internacionais, é atualmente professor da Universidade da Virgínia (EUA) e colaborador do projeto pela Liberdade Religiosa do Centro Berkley de Estudos sobre a Religião, a Paz e os Assuntos Internacionais, da Universidade de Georgetown. Doutorado em Harvard, é atualmente professor da Universidade da Virgínia (EUA) e colaborador do projeto pela Liberdade Religiosa do Centro Berkley de Estudos sobre a Religião, a Paz e os Assuntos Internacionais, da Universidade de Georgetown. As suas investigações focam-se na forma como as semelhanças e as diferenças ideológicas e culturais transnacionais afetam e influenciam as relações internacionais, na evolução do islamismo e do capitalismo autoritários e nos ciclos de vida dos vários regimes políticos e respetiva expansão geográfica.

Este artigo respeita o AO90

O Islão Político, Ontem e Hoje

Editor: Bertrand Editora
Ano de edição: 2016
Tipo de artigo: Livro
ISBN: 9789722532792
C.I.: 00000287574
Número de páginas: 344
Edição: 1
Local edição: Lisboa
Idioma: Português
Encadernação: Brochado
Preço: 18,80 €

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -