Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Outubro 26, 2021

Nazaré. Nascer do sol

José Alberto Pereira
Professor Universitário, Formador Consultor e Mestre em Gestão

O céu vai clareando pelo meio da bruma, cascata de nuvens pela encosta abaixo até ao mar.

O céu vai clareando pelo meio da bruma, cascata de nuvens pela encosta abaixo até ao mar. As luzes da vila iluminam a marginal de cores ténues, esbatidas pelas esquinas das ruas estreitas que desaguam na praia. Da difusa luz rompe o céu azul que emoldura a paisagem, banhando de sol a marginal onde repousam artefactos de pescadores. Mais à frente, a espuma das ondas denuncia o poder do canhão. Lá em cima, no Sítio, a placa do farol indica-nos o caminho.

 

 

 

 

 

 

 

 


Por opção do autor, este artigo respeita o AO90



Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante  subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -