Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Janeiro 31, 2023

“O Relatório da Coisa”, de Clarice Lispector, no palco do TCSB esta semana

A actriz e encenadora Carolina Santos, fundadora do projecto Makina de Cena, sediado em Loulé, apresenta esta semana em Coimbra o espectáculo “O Relatório da Coisa”, criado a partir do conto homónimo de Clarice Lispector. As sessões têm lugar no Teatro da Cerca de São Bernardo, a 14 e 15 de Fevereiro, sexta e sábado, sempre às 21h30.

Estreado em Loulé em 2019, “O Relatório da Coisa” é a primeira produção do projecto Makina de Cena, fundado pela artista na cidade algarvia.

O espectáculo transpõe para cena, “num formato intimista” que “cruza a poética do absurdo e do mistério”, o conto da escritora brasileira, publicado em 1974. O texto – adianta Carolina Santos –  “assume novo significado neste mundo que, para além de electrónico, se viciou no virtual e no digital, e onde ‘ser’ já não pertence exclusivamente ao domínio do real e material”. “De acordo com este relatório – acrescenta –, uma das barreiras a serem vencidas para chegar ao que ‘é’, consiste na desvalorização da palavra, e em anteceder a nomeação. Assim como o relógio não dá conta do significado do tempo, a palavra poderá ser ineficaz na sua capacidade de significar”.

O espectáculo, que conta com a colaboração de Marco Martins e Ana Karina, estará em cena no Teatro da Cerca de São Bernardo nos dias 14 e 15 de Fevereiro (sexta e sábado), às 21h30. Os bilhetes custam entre 6 e 10 Euros e podem comprados antecipadamente ou reservados pelos contactos habituais do TCSB.

 

O Relatório da Coisa

uma criação de Carolina Santos
a partir do texto de Clarice Lispector

Mákina de Cena / MdC Teatro

  • 14 e 15 de Fevereiro de 2020
  • sexta e sábado, 21h30
  • M/12 > 45′
  • preço: 10 € (estudantes, jovens, M/65, profissionais e amadores de teatro: 6 €)


Os assinantes solidários do Jornal TORNADO têm Desconto de 50%, em dois bilhetes para cada um destes nos espectáculos.


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -