Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Julho 4, 2022

O sonho de construir a própria casa

Olhe ao redor dentro da sua casa: observe as mesas de centro, a televisão, as cadeiras baratas, a decoração. Agora observe com mais atenção as paredes, as portas, as janelas, o teto. Imagine se você mesmo pudesse planejar e quem sabe até colocar as mãos na massa para subir toda essa estrutura que chamamos de lar, doce lar.

Construir a própria casa é o sonho de muitas pessoas, pois possibilita maior personalização, mais economia e garante um patrimônio para a família. Por outro lado, é um desafio que tem várias etapas, exige tempo, conhecimento técnico e alguns cuidados particulares, como veremos a seguir.

Planejar

O primeiro passo para construir a própria casa é elaborar um planejamento adequado, respondendo a algumas perguntas: quantas pessoas vão morar na casa? A ideia é morar nela por muito tempo, ou investir nela para se mudar depois? Ela terá um ou dois andares? Terá quintal? Se sim, este será amplo ou mais reduzido? É uma boa ideia ter um quarto extra para receber visitas ou para fazer de escritório? Cada resposta implica custos diferentes, que devem estar articulados com o orçamento familiar e as formas de pagamento disponíveis.

Contratar

Por ser um projeto complexo, construir uma casa não costuma ser tarefa para se levar a cabo sozinho. Por isso é importante contar com uma boa equipe de arquitetos, engenheiros e/ou paisagistas, contratando profissionais capacitados para manejar o maquinário, trabalhar com o preparo, a montagem e outras etapas importantes do processo de construção, como escolher as melhores opções de materiais e lidar com a mão de obra e os fornecedores.

Cumprir as leis

As regras para construção variam em cada região. A equipe contratada deve ser especializada no assunto e cuidar dessa questão, mas é importante estar sempre atento para evitar ter problemas no futuro. É preciso observar aspectos como as legislações de zoneamento da cidade, o recuo mínimo das laterais e a documentação do projeto, que precisa ser aprovada pela prefeitura local.

Cuidar da documentação

A documentação se refere tanto às questões legais (legislação ambiental, alvarás, aprovação do projeto hidráulico) quanto aos profissionais contratados para trabalhar na obra. Nos contratos firmados devem constar os deveres e direitos de todas as partes combinados no início do projeto.

Orçar

Para que a construção de uma casa seja de fato mais vantajosa do que comprar um imóvel pronto, é preciso dar atenção especial para a fase de orçamento. Nesse sentido, contar com a equipe de profissionais especializados traz esta vantagem: eles costumam ter boas relações com os fornecedores e saber quais materiais têm melhor custo-benefício.

Mãos à obra

A obra começa pela preparação do terreno, que exige a avaliação topográfica e observação da orientação solar. As partes mais delicadas são a fundação e o alicerce da construção. Quando a base está finalizada, vêm as fases de alvenaria e do telhado. A instalação elétrica, hidráulica e os acabamentos costumam ser a etapa mais demorada, mas indicam que a obra está se encaminhando para seu final. É importante participar de cada um desses processos, de modo a garantir que tudo saia conforme o planejado e que se mantenha o orçamento previsto.

Mobiliar e decorar

Este seja talvez o momento mais esperado: mobiliar e decorar a casa para habitá-la e finalmente poder chamá-la de lar.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorMercado
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

A impostora

Titãs cantam: “Comida”

Além Tejo (1)

UNITA desmente MPLA

- Publicidade -