Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Novembro 30, 2021

Óscares 2016 Previsão

Óscares 2016
Quem vai ganhar?

Um misto de probabilidades com as nossas escolhas pessoais. Tem de ser assim, pois todos temos as nossas preferências. Por isso, aqui completamos a lista dos potenciais vencedores, cruzando-a com aqueles que consideramos os melhores filmes do lote seleccionado. Chegou a hora de fazer escutar a sua opinião.

É sempre assim todos os anos diante da grande montra do cinema americano e não só. Ultrapassada a especulação antes de serem conhecidos os eleitos para disputar o Óscar mais cobiçado, eis que se esgrimem as preferências, as apostas, as probabilidades. Este ano, com com um provável ‘bis’ do mexicano Iñárritu, o candidato mais forte, a levantar a estatueta, repetindo o feito do ano passado com Birdman? Quem sabe até a acumular o prémio de realização? A ver vamos.

Melhor Filme

O principal candidato: The Revenant: O Renascido

Quem deveria ganhar (a nossa preferência)?: Brooklyn

 

Nomeados:

  • O Caso Spotlight
  • A Queda de Wall Street
  • The Revenant – O Renascido
  • Mad Max: A Estrada da Fúria
  • A Ponte dos Espiões
  • Brooklyn
  • Quarto
Como se sabe, frequentemente as escolhas da Academia para o slot do Melhor Filme podem (e frequentemente isso acontece) não reflectir os melhores filmes do ano ou as nossas preferências pessoais. The Revenant – O Renascido deverá ganhar. E quase teria a nossa preferência se não se sentisse que Iñárritu prefere extremar a intensidade da emoção em detrimento da narrativa. Como se a força dos elementos e das bestas se sobrepusesse à verdadeira emoção da história, por mais singela que fosse. Não que esse grito de sobrevivência numa altura em que os americanos começavam a limpar a região dos indígenas indesejáveis, seja isento de interesse, pelo menos de acordo com a história verídica do pioneiro Hugh Glass descrito no romance de Michael Punke. Pena é que os efeitos especiais acabam por superar o efeito dos sentimentos. Por isso mesmo é que o conto de emigração irlandesa para os EUA, até mesmo por ser relatado da forma mais clássica, nos arrebatou, bem com a soberba prestação de uma Saorise Ronan em todo o seu esplendor ainda que tocada pela dúvida. Aí o único efeito especial é mesmo uma prestação em tom naturalista. O contraste não poderia ser maior.

Melhor Realizador

O principal candidato: Alejandro Gonzalez Iñárritu

Quem deveria ganhar (a nossa preferência)?: Alejandro Gonzalez Iñárritu

Nomeado para melhor realizador: Alejandro Gonzalez Iñárritu

 

Nomeados:

  • Tom McCarthy (O Caso Spotlight)
  • Adam McKay (A Queda de Wall Street)
  • George Miller (Mad Max: A Estrada da Fúria)
  • Alejandro Gonzalez Iñárritu (The Revenant: O Renascido)
Será que o mexicano Iñárritu fará a dobradinha de ganhar Filme e Realizador em dois anos seguidos? Segundo o oráculo, apenas Joseph L. Mankiewicz tinha ganho por duas vezes seguidas a estatueta de realizador, em 1950 (Carta a Três Mulheres) e 1951 (Eva). Nas nossas contas, excluiria Adam McKay (não parece estar à altura de ser recordado por este feito) e George Miller (apesar das críticas favoráveis e do mérito de ter arrastado um blockbuster até aos Óscares, seria excessivo ainda assim a distinção). Tom McCarthy mereceria pela simples razão de ter criado um filme à maneira antiga sobre o jornalismo. Ainda assim, seria imerecido ignorar o trabalho robusto de Iñárritu, até porque merece mais este ano o prémio do que em Birdman.

Melhor Actor

O principal candidato: Leonardo DiCaprio

Quem deveria ganhar (a nossa preferência)?: Leonardo DiCaprio

Nomeado para melhor actor: Leonardo DiCaprio

Nomeados:

  • Bryan Cranston (Trumbo)
  • Matt Damon (Perdido em Marte)
  • Leonardo DiCaprio (The Revenant: O Renascido)
  • Michael Fassbender (Steve Jobs)
  • Eddie Redmayne (A Rapariga Dinamarquesa)
Parece certo que se DiCaprio não ganhar este ano cairá o Carmo e a Trindade, ou, talvez mais adequado dizer que viria abaixo o Dolby Theatre. Não merecerá Leo? Claro que sim. Ainda por cima sem concorrência à altura. Vejamos, Cranston tem o lado biográfico para ancorar a sua prestação; Damon, não estamos sequer seguros da valia da sua nomeação; Eddie Redmayne puxa uma vez mais o envelope da composição integral, pelo qual ganhou ainda o ano passado por A Teoria de Tudo, ao interpretar o físico a padecer de uma paralisia motivada por uma esclerose. Resta o único joker, Michael Fassbender, um justíssimo vencedor para Steve Jobs não fosse a gritante, e justa, repita-se, nomeação para DiCaprio.

Melhor Actriz

A principal candidata: Brie Larson

Nomeada para melhor actriz: Brie Larson

Quem deveria ganhar (a nossa preferência)?: Saoirse Ronan

Nomeadas:

  • Cate Blanchett (Carol)
  • Brie Larson (Quarto)
  • Jennifer Lawrence (Joy)
  • Charlotte Rampling (45 Anos)
  • Saoirse Ronan (Brooklyn)
Há muito que a americana Brie Larson, cuja carreira passou quase integralmente pela televisão, é dada como a favorita, pelo seu papel pungente em Quarto. Nada a dizer se não existisse Charlotte Rampling a seu lado com o avassalador papel em 45 Anos. A comparação seria mesmo injusta. Mas são os Óscares e do ponto de vista de marketing seria um erro premiar a veterana britânica, ainda por cima com todo o aproveitamento que foi feito da sua declaração sobre a cor dos Óscares, sem qualquer juízo de valor. Já o prémio para Jennifer Lawrence ou Cate Blanchett seria deslocado, é que ambas as vencedoras nesta categoria estão abaixo do que já fizeram. Resta-nos Saoirse Ronan, o principal motivo pelo qual Brooklyn é uma pequena obra-prima. Um grande filme no feminino, dominado pela jovem de 21 anos.

Melhor Actor Secundário

O principal candidato: Sylvester Stallone

Nomeado para melhor actor secundário: Sylvestre Stallone

Quem deveria ganhar (a nossa preferência)?: Mark Ruffalo

Nomeados:

  • Christian Bale (A Queda de Wall Street)
  • Tom Hardy (The Revenant: O Renascido)
  • Mark Ruffalo (O Caso Spotlight)
  • Mark Rylance (A Ponte dos Espiões)
  • Sylvester Stallone (Creed)
Stallone ou Hardy? Nós acenamos com Ruffalo. Se de Sylvester não distinguimos os méritos pelo qual foi nomeado – sem retirar mérito da sua prestação de boxeur reformado, tal como a performance de Tom Hardy como o rival de Dicaprio em The Revenant é suficientemente forte para estar nomeado. Agora, Ruffalo tem em O Caso Spotlight o melhor da sua carreira, num papel verdadeiramente empolgante sobre um caso que foi durante tanto tempo abafado. A forma como Ruffalo se entrega tem a marca de Óscar. Com a particularidade da sua personagem ser um luso descendente, o jornalista Mike Rezendes. Ah, sim, Christian Bale uma vez mais enorme, mas apenas a acrescentar mais uma nomeação à sua lista.

Melhor Actriz Secundária

A principal candidata: Kate Winslet

Nomeada para melhor actriz secundária: Kate Winslet

Quem deveria ganhar (a nossa preferência)?: Kate Winslet

Nomeadas:

  • Jennifer Jason Leigh (Os Oito Odiados)
  • Rooney Mara (Carol)
  • Rachel McAdams (O Caso Spotlight)
  • Alicia Vikander (A Rapariga Dinamarquesa)
  • Kate Winslet (Steve Jobs)
Uma das categorias tradicionalmente mais indefiníveis, e este ano e mais indefinida, tal como nos actores secundários, pode determinar que a escolha recaia numa novidade ou no prémio de consagração. É uma pena termos de deixar de lado Jennifer Jason Leigh, como sempre arrojada, como a condenada endiabrada no filme de Tarantino. No entanto, como o seu filme foi considerado demasiado calórico para os prémios do cinema, valerá pela nomeação. Alicia Vikander pode ser uma das surpresas, pela novidade – no entanto, ela que mereceria mais a nomeação por Ex-Machina. Rooney Mara e Rachel McAdams são duas excelentes actrizes em óptimos momentos de carreira, podendo ser igualmente opções. No entanto, quem deverá ganhar será mesmo Kate Winslet. Não só por ser a possibilidade de Steve ter um merecido registo de interpretação, mas também para poder se fotografada ao lado de Leo. Quem não deseja ver juntos, e de estátua não mãos, o casalinho de Titanic?

Melhor Argumento Original

O principal candidato: O Caso Spotlight

Nomeado para melhor argumento original: O Caso Spotlight

Quem deveria ganhar (a nossa preferência)?: O Caso Spotlight

Nomeados:

  • Matt Charman, Joel & Ethan Coen (A Ponte dos Espiões)
  • Pete Docter, Meg LeFauve, Josh Cooley (Divertida-Mente)
  • Tom McCarthy and Josh Singer (O Caso Spotlight)
  • Alex Garland (Ex Machina)
  • Jonathan Herman, Andrea Berloff, S. Leigh Savidge e Alan Wenkus (Straight Outta Compton)

Melhor Argumento Adaptado

O principal candidato: Adam McKay e Charles Randolph (A Queda de Wall Street)

Quem deveria ganhar (a nossa preferência)?: Nick Hornby (Brooklyn)

Nomeados:

  • Drew Goddard (Sozinho em Marte)
  • Nick Hornby (Brooklyn)
  • Adam McKay e Charles Randolph (A Queda de Wall Street)
  • Phyllis Nagy (Carol)
  • Emma Donoghue (Quarto)

Melhor Animação

O principal candidato: Divertida-Mente

Nomeado para melhor animação: Divertida-Mente

Quem deveria ganhar (a nossa escolha)?: Anomalisa

Nomeados:

  • Anomalisa
  • A Ovelha Choné
  • O Menino e o Mundo
  • Memórias e Marnie
  • Divertida-Mente

Melhor Filme Estrangeiro

O principal candidato: O Filho de Saul

Nomeado para melhor filme estrangeiro: O filho de Saul

Quem deveria ganhar (a nossa preferência)?: O Filho de Saul

Nomeados:

  • Mustang (França)
  • Theeb (Jordânia)
  • O Filho de Saul (Hungria)
  • Embrace the Serpent (Colômbia)
  • A War (Dinamarca)

Melhor Fotografia

O principal candidato: Emmanuel Lubezki (The Revenant: O Renascido)

Quem deveria ganhar (a nossa escolha)? Emmanuel Lubezki (The Revenant: O Renascido)

Nomeados:

  • Emmanuel Lubezki (The Revenant: O Renascido)
  • Edward Lachman (Carol)
  • Roger Deakins (Sicario)
  • John Seale (Mad Max: A Estrada da Fúria)
  • Robert Richardson (Os Oito Odiados)

Melhor Montagem

O principal candidato: Margaret Sixel (Mad Max: A Estrada da Fúria)

Nomeado para melhor montagem: Max Max

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Margaret Sixel (Mad Max: A Estrada da Fúria)

Nomeados:

  • Hank Corwin (A Queda de Wall Street)
  • Tom McArdle (O Caso Spotlight)
  • Margaret Sixel (Mad Max: A Estrada da Fúria)
  • Maryann Brandon, Mary Jo Markey (Star Wars VII- O Despertar da Força)
  • Stephen Mirrione (The Revenant: O Renascido)

Melhor Design de Produção

O principal candidato: Colin Gibson, Lisa Thompson (Mad Max: A Estrada da Fúria)

Nomeado para melhor design de produção: Max Max

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Colin Gibson, Lisa Thompson (Mad Max: A Estrada da Fúria)

Nomeados:

  • Adam Stockhausen, Rena DeAngelo, Bernhard Henrich (A Queda de Wall Street)
  • Arthur Max, Celia Bobak (Perdido em Marte)
  • Eve Stewart, Michael Standish (A Rapariga Dinamarquesa)
  • Jack Fish, Hamish Purdy (The Revenant: O Renascido)
  • Colin Gibson, Lisa Thompson (Mad Max: A Estrada da Fúria)

Melhor Guarda Roupa

O principal candidato: Sandy Powell (Carol)

Carol

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Sandy Powell (Carol)

Nomeados:

  • Sandy Powell (Carol)
  • Sandy Powell (Cinderella)
  • Jacqueline West (The Revenant: O Renascido)
  • Paco Delgado (A Rapariga Dinamarquesa)
  • Jenny Bevan (Mad Max: A Estrada da Fúria)

Melhor Maquilhagem e Cabelo

O principal candidato: Lesley Venderwalt, Elka Wardega, Damian Martin (Mad Max: Estrada da Fúria)

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Lesley Venderwalt, Elka Wardega, Damian Martin (Mad Max: Estrada da Fúria)

Nomeados:

  • Love Larson, Eva Von Bahr (O Centenário que Fugiu Pela Janela e Desapareceu)
  • Sian Grigg, Duncan Jarman, Robert A. Pendino (The Revenant: O Renascido)
  • Lesley Venderwalt, Elka Wardega, Damian Martin (Mad Max: Estrada da Fúria)

Melhor Banda Sonora Original

O principal candidato: Ennio Morricone (Os Oito Odiados)

Melhor Banda Sonora Original: Os oito odiados

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Ennio Morricone (Os Oito Odiados)

Nomeados:

  • Thomas Newman (A Ponte dos Espiões)
  • Jóhann Jóhannsson (Sicario)
  • Carter Burwell (Carol)
  • John Williams (Star Wars Episode VII – O Despertar da Força)
  • Ennio Morricone (Os Oito Odiados)

Melhor Canção Original

O principal candidato: Earned It (As Cinquenta Sombras de Grey)

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Manta Ray (Racing Extinction)

Nomeados:

  • Earned It (As Cinquenta Sombras de Grey)
  • Writing’s on the Wall (Spectre)
  • Til it Happens to You (The Hunting Ground)
  • Simple Song 3 (A Juventude)
  • Manta Ray (Racing Extinction)

Melhor Montagem Musical

O principal candidato: Chris Jenkins, Gregg Rudloff, Bem Osmo (Max Max: A Estrada da Fúria)

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Chris Jenkins, Gregg Rudloff, Bem Osmo (Max Max: A Estrada da Fúria)

Nomeados:

  • Andy Nelson, Gary Rydstrom, Drew Kunin (A Ponte dos Espiões)
  • Jon Taylor, Frank A. Montaño, Randy Thom, Chris Duesterdiek (The Revenant: O Renascido)
  • Chris Jenkins, Gregg Rudloff, Bem Osmo (Max Max: A Estrada da Fúria)
  • Andy Nelson, Christopher Scarabosio, Stuart Wilson (Star Wars: Episode VII: O Despertar da Força)
  • Paul Massey, Mark Taylor, Marc Ruth (Perdido em Marte)

Melhor Montagem Sonora

O principal candidato: Mark A. Mangini, David White (Max Max: A Estrada da Fúria)

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Oliver Tarney (Perdido em Marte)

Nomeados:

  • Mark A. Mangini, David White (Max Max: A Estrada da Fúria)
  • Oliver Tarney (Perdido em Marte)
  • Alan Robert Murray (Sicario)
  • Matthew Wood, David Acord (Star Wars: Episode VII: O Despertar da Força)
  • Martín Hernandez, Lon Bender (The Revenant: O Renascido)

Melhores Efeitos Visuais

O principal candidato: Richard McBride, Matt Shumway, Jason Smith, Cameron Waldbauer (The Revenant: O Renascido)

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Richard McBride, Matt Shumway, Jason Smith, Cameron Waldbauer (The Revenant: O Renascido)

Nomeados:

  • Andrew Whitehurst, Paul Norris, Mark Williams Ardington, Sara Bennett (Ex Machina)
  • Richard McBride, Matt Shumway, Jason Smith, Cameron Waldbauer (The Revenant: O Renascido)
  • Andrew Jackson, Tom Wood, Dan Oliver, Andy Williams (Mad Max: A Estrada da Fúria)
  • Roger Guyett, Pat Tubach, Neal Scanlan, Chris Corbould (Star Wars: Episode VII: O Despertar da Força)
  • Richard Stammers, Anders Langlands, Chris Lawrence, Steven warner (Perdido em Marte)

Melhor documentário

O principal candidato: Cartel Land

Nomeado para melhor documentário: Cartel lend

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Amy

Nomeado para melhor documentário: Amy

Nomeados:

  • Amy (Asif Kapadia)
  • What Happened, Miss Simone? (Liz Garbus, Amy Hobby, Justin Wilkes)
  • Cartel Land (Matthew Heineman, Tom Yellin)
  • Winter on Fire: Ukraine’s Fight For Freedom (Evgeny Afineevsky, Den Tolmor)
  • The Look of Silence (Joshua Oppenheimer, Signe Byrge Sorensen)

Melhor documentário (curta)

O principal candidato: A Girl in the River: The Price of Forgiveness

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): A Girl in the River: The Price of Forgiveness

Nomeados:

  • Body Team 12
  • A Girl in the River: The Price of Forgiveness
  • War Within the Walls
  • Last Day of Freedom
  • Claude Lanzmann: Spectres of Shoah

Melhor Curta (Animação)

O principal candidato: World of Tomorrow

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): World of Tomorrow

Nomeados:

  • Historia de um Oso
  • Sanjay’s Super Team
  • Mi ne Mozhem Zhit Bez Kosmosa
  • World of Tomorrow
  • Prologue

Melhor Curta Metragem

O principal candidato: Shok

Quem deveria ganhar (a nossa escolha): Shok

Nomeados:

  • Ave Maria
  • Shok
  • Day One
  • Stutterer
  • Alles Wird Gut

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -