Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Maio 25, 2022

Pedro Castillo é eleito presidente do Peru

A eleição ainda enfrenta contestações legais de Keiko Fujimori, candidata de extrema-direita, que faz alegações de fraude sem apresentar provas.

O candidato de esquerda Pedro Castillo, do Peru Libre, venceu o segundo turno das eleições presidenciais com 50,125% dos votos válidos.

Keiko Fujimori, da Fuerza Popular, filha do ex-ditador Alberto Fujimori, terminou com 49,875%, segundo dados do Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPE, na sigla em espanhol). Castillo recebeu 8.835.579 votos, 44.058 a mais do que Fujimori.

A eleição ainda enfrenta possíveis contestações legais de Fujimori. A candidata da extrema-direita fez acusações de fraude, embora sem apresentar evidências que sustentem sua afirmação.

‘Não devemos usar palavras inapropriadas’

Horas antes do resultado final, o presidente peruano, Francisco Sagasti, rejeitou o uso da palavra “fraude” para caracterizar o segundo turno das eleições presidenciais do país.

“O que você tem que fazer é ter confiança , acho que não devemos nos apressar, muito menos usar palavras totalmente inapropriadas como fraude, e vamos esperar os resultados com tranquilidade, com calma”, disse Sagasti nesta terça-feira (15).

Gás e educação

Durante a campanha, Castillo prometeu redigir uma nova constituição. No primeiro turno, o candidato não liderava as pesquisas, porém, após prometer nacionalizar o gás advindo do projeto Camisea, o mais importante do país, e afirmar que aumentaria os investimentos em educação em até 10%, seu nome disparou nos levantamentos de intenção de voto.


Texto em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV / Tornado

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -