Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Janeiro 18, 2022

Polícia dispersa manifestantes com bombas e tanques na Bolívia

O protesto, que exigia a saída da presidente golpista, foi dissolvido após várias horas de tensão.

Policiais e militares dispersaram, nesta terça-feira (19), um protesto de camponeses em Cochabamba, na Bolívia.

Os manifestantes foram às ruas exigindo a volta à presidência de Evo Morales, exilado no México após ser ameaçado em seu país.

Os manifestantes tentaram entrar na cidade de Cochabamba a partir da vizinha Sacaba, mas foram dispersados pelas força bruta.

Uma equipe da agência AFP viu policiais de choque lançando bombas de gás lacrimogêneo e avançando com um blindado para dispersar a multidão.

Enquanto isso, os manifestantes atiravam pedras contra a repressão e colocaram fogo em barricadas que haviam erguido na estrada.

Pelo menos sete manifestantes foram detidos por militares de moto e um ficou ferido na cabeça, ao que parece por uma pedrada.


Texto original em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV / Tornado

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -