Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Fevereiro 25, 2024

Portugueses do SoHo – Uma história que mudou a geografia

Portugueses do SoHo
Portugueses do Soho de Ana Ventura Miranda

O filme que teve lotação esgotada no Museum of Modern Art (MoMa), em Nova Iorque, conta a história dos emigrantes portugueses que chegaram ao SoHo após a Segunda Guerra Mundial. Através da sua história descobrimos a história deste bairro, do coração de Manhattan e da cidade de Nova York.

O documentário visa ser a voz e o registo inédito da vida destes portugueses, dando a conhecer a portugueses e americanos uma presença desconhecida por muitos.

“Portugueses do Soho” cresceu e ganhou dimensão para lá do ecrã. O Arte Institute organiza a partir de agora um evento chamado “Portugal no Soho”, que “já conseguiu fechar uma rua no bairro de Nova Iorque e mostrar aos nova-iorquinos, o que afinal significa ser português nos Estados Unidos”, revelou a autora do documentário.

Com produção do Arte Institute, o filme conta com a colaboração de Rita Redshoes, autora da banda sonora, e do escritor José Luís Peixoto, que narra o documentário e é também o autor dos textos.

Ana Ventura Miranda
Ana Ventura Miranda

A realizadora também vive desde 2006, em Nova Iorque, em Broome Street. Em 2011 criou o Arte Institute para divulgação da arte e cultura portuguesa, além-fronteiras. “Portugueses do Soho” é mais um projecto do instituto, a par do NY Portuguese Short Film Festival.

“O Arte Institute tem como missão promover a cultura contemporânea portuguesa nos Estados Unidos. Desde o início que percebemos que também havia outros países em que se fazia necessária uma renovação da marca Portugal, mais actualizada mais moderna e aí fomos nós”, afirma a realizadora.

Ana Ventura Miranda nasceu em Portugal mas tem o coração em Nova Iorque. A actriz e realizadora, é considerada no meio, como a missionária da cultura contemporânea portuguesa. Actualmente é presidente do projecto “Arte Institute”

Os bilhetes para a estreia em Portugal podem ser adquiridos nas bilheteiras do CCB pelo preço de cinco euros.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -