Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Setembro 30, 2022

Há 54 anos, Ray Charles gravou “I Can’t Stop Loving You”

ray 3

A canção foi escrita pelo músico de “country” Don Gibson

I-Cant-Stop-Loving-YouPassam hoje 54 anos sobre o dia em que Ray Charles entrou nos United Studios, em Hollywood, para gravar aquele que seria um dos seus maiores sucessos – “I Can’t Stop Loving You”. Uma canção lançada num single que liderou os tops dos dois lados do Atlântico, mas também num LP, ‘Modern Sounds In Country / Western Music’, que seria primeiro na lista de vendas da BillBoard durante catorze semanas consecutivas.

Ray Charles é uma figura maior da música do século XX. Nascido em Albany a 23 de Setembro de 1930 (faleceu em Los Angeles a 10 de Junho de 2004), Ray Charles foi pioneiro a trazer o Gospel para o Rhythm & Blues, dando às suas composições uma marca única, pessoal, carregada de influências dos diversos estilos da música negra norte-americana. A revista Rolling Stone classificou Ray Charles como o 2º maior cantor de todos os tempos, mas importa referir para além dos seus dotes vocais a sua excelência como pianista e compositor.

Cego a partir dos sete anos de idade, o jovem Ray, a frequentar uma escola para cegos, cedo aprendeu a tocar vários instrumentos musicais, revelando raro talento para a música.

No final dos anos 40 já Ray Charles ganhava a vida a tocar piano e a cantar em grupos de gospel. Mas em 1952 consegue um contrato discográfico com a Atlantic Records e dedica-se ao Rhythm & Blues.

Com o surgimento do rock’n’roll dois anos depois, Ray Charles ataca os charts com canções como “Talkin about You”, “What I’d Say”, “Little girl of Mine”, “Hit the Road Jack” e “I Got A Woman”, que seria também interpretada por Elvis Presley.

Event: New York/Rochester 1958. Artist: Ray Charles. Photographer: Paul Hoeffler. Agency: Redferns. Copyright Holder: Paul Hoeffler/Redferns.
Event: New York/Rochester 1958.
Artist: Ray Charles. |Photographer: Paul Hoeffler.
Agency: Redferns. (c) Paul Hoeffler/Redferns.

Rapidamente, Ray Charles torna-se num dos artistas mais conceituados, de maior sucesso. Quando naquele dia 15 de Fevereiro de 1962 Ray Charles gravou “I Can’t Stop Loving You” ele já era um cantor de grande sucesso, mas este tema iria bater recordes de vendas.

Ray Charles não é o autor da canção, que foi composta pelo cantor de música country Don Gibson, que a gravou em 1957. O original, editado em 1958 como face b de um single, tornou-se então num sucesso da country-music. Mas seria a versão de Ray Charles que daria a “I Can’t Stop Loving You” o estatuto de uma das mais famosas canções da História da Música Popular.

 

 

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -