Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Setembro 17, 2021

A RTP está com A MOSCA

Eduardo Águaboa
Escritor, Ensaísta, Comentador político especializado em ideias gerais

A Mosca - RTP

Então aparece um desenhinho animadinho de uma mosca (zzzzz) que perante outra mosca mais acima do ecrã, mas paralítica, tem com ela diálogos, os tais, que são apresentados como satíricos.

Vejamos o de hoje:

– Sabes? –pergunta a Mosca voadora- Portugal importa lixo de Itália.
– Ah, sim? –responde a paralítica.
– E exporta ossos para o Canadá.
– Ah é?
– Acho que andamos mal.
-És capaz de ter razão!

 

E a merda da sátira acaba aqui.

É de um gajo morrer a rir ou de ficar a pensar de que cabeças saem sátiras tão aparvoadas.

Se aquilo é para ter graça ou se é mesmo para ser uma desgraça.

De vez em quando à RTP dá-lhe a Mosca, dá-lhe para a parvoíce, para a tacanhez, pois vive fechada sobre si mesma ou então simplesmente quer dar dinheiro a ganhar estupidamente a quem não merece.

Bastava aquelas alminhas tontas da RTP passar uma vista de olhos aqui pelo fcbk e descobriam milhares de homens e mulheres – e gente muito nova –  com muuuiiiittooooooo mais graça e, portanto, mais competentes para preencherem o propósito a que se destina a rubrica.

Então, se queriam uma Mosca satírica vinham aqui e abriam um concurso, sugerindo textos para colocarem na boca daqueles desenhinhos na certeza de que se iriam dar bem melhor.

Assim, aquele moscatel, inventado sabe-se lá por quem, mas de certeza por alguém cujo espermatozóide que o mantém, de vez em quando avaria, era melhor que saísse de cena.

De mim mereceria um muitíssimo grande obrigado.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -