Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Julho 19, 2024

Russia: atrás de Prigozhin, “A Ordem da República”

A golpada de Prigozhin teve apoios de uma rede militar clandestina. “A Ordem da República”, um grupo de oficiais que se opõem ao regime de Putin e à “operação especial” na Ucrânia, “deu uma mãozinha” às manobras Wagner e à sua “cavalgada” de Rostow até perto de Moscovo. Mas, sobretudo, esta rede clandestina desencadeou várias manobras de guerra de informação e ainda algumas “disfunções” que muito terão baralhado os serviços de informação de Putin. Os nossos amigos do “Intelligence online” revelaram a existência desta “convergência oportunística” depois de terem confirmado os seus “detalhes”.

Terá Putin, numa manipulação clássica (cujas técnicas ele domina muito bem) usado o seu “amigo” Prigozhin para levar a “Ordem da República” a pôr a cabeça de fora…?

As próximas semanas vão ser agitadas… e o que acontecer mostrará alguma (apenas alguma…) da realidade desta implacável guerra de sombras no seio do continentalista império russo que está longe de ter terminado.

Rebellion: An underground network of Russian officers lent Wagner a helping hand


Exclusivo Tornado / IntelNomics

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -