Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Outubro 16, 2021

Sala do Grande Conselho

Guilherme Antunes
Licenciado em História de Arte | UNL

Palácio Ducal de Veneza, Sala do Grande Conselho

Escultura / Arquitectura

Permitida a entrada a todos os nobres venezianos com mais de 25 anos. Era uma espécie de Parlamento, mas sem eleição, uma vez que herdavam por nascimento o direito da co-gestão política, à revelia da representatividade do Povo, que não a tinha.

Totalmente destruída por um fogo em 1577, arderam todas as obras de arte que ali estavam desde o século XIV.

Esta sala de sonho sumptuoso, de tons acastanhados e mais escura que clara, selecciona a parede do fundo com o fabuloso quadro de Tintoretto (O Paraíso), creio que a maior tela que se conhece, e da qual, daqui, não se consegue perceber a grandeza pictórica.

 

Palácio Ducal de Veneza


(Por Orlando Paride – Obra do próprio, CC BY-SA 4.0, Doge’s Palace facing the sea (Venice))

 

Sala do Grande Conselho


(Por I, Sailko, CC BY 2.5, Palazzo ducale, sala del maggior consiglio)

 

Informação adicional

Local: Veneza, Itália


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorStreet art em Sampa
Próximo artigoStreet art em Sampa
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -