Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Outubro 27, 2021

Sócrates votou à hora de Cavaco


José Sócrates comprometeu-se com o PS a não falar durante a campanha eleitoral e cumpriu. Fez apenas uma declaração pública de apoio a António Costa assim que passou para prisão domiciliária. Sócrates podia ter dado entrevistas, mas repensou estrategicamente a situação e não quis interferir no momento político para evitar que alguma culpa lhe pudesse ser também atribuída numa eventual derrota do PS.

Socrates votou á hora de cavacoE, depois da fotografia do jantar em casa onde cumpre a prisão domiciliária, à mesa com amigos, que saiu para a imprensa, também assegurou não haver mais fugas sobre os seus comentários ou opiniões à campanha eleitoral do PS e à actuação de António Costa.

Contudo, no dia das eleições, não resistiu a protagonizar um episódio que não terá sido inocente. José Sócrates foi votar à mesma hora que o Presidente da República, Cavaco Silva, obrigando os canais de televisão a manobras de antena em directo.

Sendo certo que a hora de voto de Cavaco Silva é previamente comunicada às agendas dos órgãos de comunicação social e sendo certo que não terá sido difícil Sócrates saber o horário, também poderá não ter sido mera coincidência sair de casa por volta 13h00 para estar na mesa de voto 20 minutos depois. Cavaco e Sócrates acabaram por falar em directo nas televisões, entre as 13h25 e as 13h35, com alguma confusão de opções entre os repórteres sobre quem fala primeiro.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -