Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Outubro 23, 2021

Últimas semanas de “A mulher como campo de batalha” com novos horários

A Escola da Noite retoma a temporada de “A mulher como campo de batalha”, de Matéi Visniec, que se mantém em cena até 6 de Dezembro. Tendo em conta as restrições impostas pelo estado de emergência no concelho de Coimbra, as sessões das sextas e dos sábados, inicialmente previstas para as 21h30, terão lugar às 19h00.

“A mulher como campo de batalha”, de Matéi Visniec, é a 70.ª criação d’A Escola da Noite. Com encenação de Sofia Lobo e as interpretações de Ana Teresa Santos e Paula Garcia, o espectáculo estreou no final de Outubro e entra agora nas duas últimas semanas da temporada. As sessões têm lugar de quinta a sábado às 19h00 e aos domingos às 16h00.

Com o título alternativo, proposto pelo próprio autor, de “Do sexo da mulher como campo de batalha na guerra da Bósnia”, a peça foi escrita em 1996 e constitui um pujante retrato da guerra e da forma particular como as mulheres são vítimas directas e indirectas da barbárie, nesta e em outras guerras.

“A mulher como campo de batalha”, de Matéi Visnie

Dorra, vítima de violação durante a guerra da Bósnia, conhece Kate, psicanalista norte-americana, já fora do território em que as atrocidades foram cometidas. A relação que se estabelece entre as duas personagens e as memórias de cada uma convocam-nos para uma reflexão sobre os nacionalismos, a xenofobia e a violência extrema, mas também sobre os clichês e os lugares-comuns que demasiadas vezes condicionam as relações entre as pessoas e os povos.

 

Novembro no TCSB

Ainda em consequência das medidas de combate à propagação da Covid-19, foi adiada para data a anunciar a sessão de apresentação em Coimbra da colectânea “Inéditas”, conjunto de peças de Abel Neves editado pela Húmus, que estava agendada para 28 de Novembro.

 

Teatro da Cerca de São Bernardo

Programação de Novembro de 2020

TEATRO | A mulher como campo de batalha

de Matéi Visniec
A Escola da Noite

 

Informações e reservas

 

Covid-19 – Plano de Prevenção e Contingência do TCSB

De acordo com a Orientação da DGS 28/2020, de 28 de Maio, e o Plano de prevenção e contingência do TCSB, a lotação e a ocupação da sala estão condicionadas: os lugares são marcados e é respeitada a distância de uma cadeira entre cada lugar ocupado. É obrigatória a utilização de máscara no interior do Teatro e o cumprimento das demais condições de segurança indicadas à entrada do edifício.

 


Os assinantes solidários do Jornal TORNADO têm Desconto de 50%, em dois bilhetes para cada um destes nos espectáculos.


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -