Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Julho 7, 2022

VI Jornadas de Santarém contra a Violência

A APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima promove, no dia 28 de Novembro, as VI Jornadas de Santarém contra a Violência. O evento terá lugar no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém.

 

Jornadas de Santarém contra a Violência

Com esta VI edição das Jornadas, Santarém acolhe mais uma vez um dia dedicado à discussão e reflexão no âmbito do apoio a vítimas de crime e da prevenção da vitimação e da violência. Esta é uma reflexão partilhada com os vários parceiros locais, contribuindo para a consolidação da presença da APAV na Lezíria do Tejo.

Os diversos especialistas reunidos no evento irão abordar três áreas principais:

  1. a violência em contexto de relações de intimidade;
  2. propostas de prevenção no combate ao cibercrime;
  3.  a violência contra as vítimas especialmente vulneráveis.

A sessão de abertura das Jornadas irá contar com a presença de João Lázaro (Presidente da APAV), Ricardo Gonçalves (Presidente da Câmara Municipal de Santarém) e Pedro Ribeiro (Presidente da CIMLT – Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo).

 

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima é uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), sem fins lucrativos e de âmbito nacional, que tem como missão apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais, bem como contribuir para o aperfeiçoamento das políticas públicas, sociais e privadas centradas no estatuto da vítima.

Um crime, qualquer que este seja, provoca uma disrupção na vida da vítima e coloca em causa o seu bem-estar, a sua liberdade pessoal, a sua honra e a vida privada. Ao atentar contra a pessoa, o crime atenta também contra aqueles que são os seus direitos mais fundamentais enquanto Ser Humano. Por isso profissionais, sensibilizados e informados que intervêm directa ou indirectamente com vítimas de crime e violência contribuem, desta forma, para a prestação de um apoio competente e qualificado a todos/as os/as cidadãos/ãs vítimas de crime.

A par da necessidade sentida pela Associação no âmbito da promoção de um espaço para reflexão e debate sobre diversas temáticas de intervenção relacionadas com o crime e violência, motivou o desenvolvimento de um trabalho de consciencialização e sensibilização de diferentes públicos, nomeadamente profissionais, promovendo, para o efeito, as Jornadas contra a Violência.

Informação

 

 

Cartaz

 

 


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

VER…

Boa pergunta

Crónica de Trump

- Publicidade -