Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Outubro 21, 2021

1º Maio pela Vida reúne Lula, Dilma, FHC, Dino, Ciro, Boulos e Manuela

Artistas como Chico Buarque e Elza Soares também marcarão presença no Dia do Trabalhador.

Nove centrais sindicais brasileiras – CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST, CSB, Intersindical, Pública e CGTB – promovem neste sábado (1/5) uma comemoração unitária e virtual do Dia do Trabalhador. O 1º de Maio pela Vida, Democracia, Emprego, Vacina para Todos e pelo Auxílio Emergencial de R$ 600 – Live do Trabalhador começa às 14 horas, com transmissão ao vivo no Vermelho, na TVT e nas redes das centrais.

Cada central terá dois participantes na live – seu presidente e uma representante das mulheres sindicalistas: Sérgio Nobre e Carmem Foro (CUT); Miguel Torres e Maria Auxiliadora (Força Sindical); Ricardo Patah e Santa Regina (UGT); Adilson Araújo e Ivânia Pereira (CTB); José Reginaldo Inácio e Sônia Maria Zerino (NCST); Antônio Neto e Antonieta “Tieta” (CSB); Edson Carneiro Índio e Nilza Pereira (Intersindical), Ubiraci Dantas de Oliveira e Vivian Queiroz (CGTB); José Gozze e Silvia Helena de Alencar (Pública). O sindicalismo rural terá como porta-voz o presidente da Contag, Aristides dos Santos.

A programação contará com depoimentos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Dilma Rousseff (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Também participarão da live o governador Flávio Dino (PCdoB-MA), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), o líder do MTST e do PSOL, Guilherme Boulos, e a ex-deputada Manuela D’Ávila (PCdoB). O presidente da UNE, Iago Montalvão, representará o movimento estudantil, enquanto João Paulo Rodrigues, da direção nacional do MST, falará em nome da Frente Brasil Popular

Artistas como Chico Buarque e Elza Soares também marcarão presença. Estão confirmados, ainda, Chico César, Teresa Cristina, Delacruz, Johnny Hooker, Marcelo Jeneci, Odair José, Aíla, Renegado, Bia Ferreira, Doralyce, Osmar Prado, Gregório Duvivier, Spartakus, Lirinha, Tereza Seiblitz, Elen Oleria, Paulo Betti, Spartacus, Silvio Almeida e Joanna Maranhão.

Este é o terceiro 1º de Maio unitário realizado pelas centrais sindicais – o primeiro, presencial, foi em 2019. Devido à pandemia de Covid-19 – que já matou mais de 400 mil pessoas só no Brasil –, a atividade será virtual pelo segundo ano seguido. Até esta sexta-feira (30), 19 entidades já haviam enviado mensagens de saudação ao 1º de Maio no Brasil.

O programa será ancorado pela cantora, compositora e apresentadora Ellen Oleria, que comanda o programa Estação Plural, na TV Brasil. Também no estúdio, a atriz, cantora e multi-instrumentista paraibana Lucy Alves fará a apresentação artística que encerrará o ato do 1º de Maio Unitário das Centrais Sindicais. Todos os protocolos sanitários serão seguidos.


Texto original em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV / Tornado

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -