Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Fevereiro 29, 2024

5 Filmes para entender o fascismo

Os debates sobre as eleições de 2018 têm trazido à tona discussões acaloradas sobre fascismo e nazismo, regimes caracterizados por postura autoritária e pelos horrores da tortura, cassação e morte de seus adversários políticos ou “raças inferiores”. (Versões integrais no Netflix)

Na hierarquia história, o fascismo é anterior ao nazismo e surgiu na Itália nos anos 1920, pouco tempo depois da Primeira Guerra Mundial. Estabelecido pelo ditador Benito Mussolini, o fascismo deu origem ao nazismo, ideologia criada por Adolf Hitler após sua chegada ao poder no Terceiro Reich alemão na década de 1930, e que ganhou evidência mundial com as monstruosidades do genocídio da Segunda Guerra Mundial.

Ambos os regimes se consolidaram na Europa em um período entre-guerras, quando os países vivenciavam anos difíceis, com a economia em decadência.

O nazismo de Hitler, que pregava o nacionalismo, o racismo e a criação de uma raça ariana e superior, foi responsável por atrocidades que marcaram o século 20 e fez com que, por bastante tempo, tal ideologia causasse pavor em todo o continente europeu.

Durante o período em que o fascismo e o nazismo imperaram, principalmente na Itália e na Alemanha, milhões de pessoas foram brutalmente assassinadas na tentativa da construção de uma sociedade soberana, alicerçada em preceitos cristãos, tradicionais e conservadores.

Mais precisamente na Alemanha, por volta dos anos 1930, Hitler iniciou uma caça às bruxas às “raças inferiores”, como judeus, negros, ciganos e homossexuais, além dos comunistas, adversários políticos, que foram dizimados em campos de concentração. As mortes eram justificadas nos ideais hitleristas de superioridade e formação de uma raça ariana, e por uma Alemanha livre do “vermelho comunista”.

Os judeus eram os alvos principais de Adolf Hitler e do Partido Nazista. Dos aproximadamente nove milhões de judeus que residiam na Europa nos anos 1930 e 1940, cerca de dois terços foram mortos pelo regime nazista, sendo que entre as vítimas constam mais de um milhão de crianças, dois milhões de mulheres e três milhões de homens que foram assassinados nesse período de soberania nazifascista.

Seleccionamos 5 filmes para ajudar a entender este período histórico:

A lista de Schindler

Neste clássico de Steven Spielberg, Oskar Schindler gasta toda a sua fortuna para ajudar a libertar 1.100 judeus de Auschwitz durante a Segunda Guerra Mundial.

 

Ele está de volta

Adolf Hitler desperta no mesmo local em que ficava o seu bunker há 70 anos, mas vira um fenômeno da mídia ao ser confundido com um comediante.

 

O menino do pijama listrado

Quando sua família se muda de Berlim para a Polônia, um menino faz amizade com um garoto do campo de concentração vizinho, sem saber que ele é um prisioneiro judeu.

 

A vida é bela

Um garçom judeu-italiano enviado a um campo de concentração nazista protege a inocência de seu filho fingindo que seu cativeiro é um elaborado jogo.

 

O Leitor

Um advogado de meia idade reflete sobre um caso que teve quando adolescente com uma mulher mais velha que foi condenada por crimes de guerra nazistas oito anos depois.

 

Foto: A lista de Schindler

Texto em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV (Catraca Livre) / Tornado

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -