Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Fevereiro 8, 2023

Angolanos começaram a votar logo ao início da manhã

A eleição em Angola para eleger o Presidente da República e os Deputados à Assembleia Nacional começou na manhã de hoje, 24 de Agosto de 2022. A adesão é muito boa e a felicidade está estampada no rosto de milhares de angolanos.

João Manuel Gonçalves Lourenço e Adalberto da Costa Júnior já votaram, logo no começo da manhã. Um destes dois candidatos será o próximo Presidente da República e Chefe do Governo.

O Presidente do MPLA, com 65 anos de idade, é o actual Presidente da República de Angola. Adalberto da Costa Júnior, Presidente da UNITA, com 55 anos de idade, está a movimentar esforços com a CASA-CE (coligação que integra cinco forças políticas dentre as quais o Bloco Democrático e o Partido de Apoio para a Democracia e Desenvolvimento de Angola – PADDA-AP) na expectativa de ocupar o lugar de João Lourenço.

Enquanto o MPLA pediu ao eleitorado mais tempo no poder para desenvolver o seu projecto, a UNITA afirmou que era tempo de abandonar o poder. Todos os analistas defendem que o voto da juventude será decisivo porque muitos deles irão votar pela primeira vez.

Há oito partidos políticos concorrentes: o Partido Humanista de Angola (PHA), o Partido Nacionalista para a Justiça em Angola (P-NJango), a União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), a Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), a Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral (CASA-CE), a Aliança Patriótica Nacional (APN), o Partido de Renovação Social (PRS) e o Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA).

O cabeça de lista do partido vencedor será o próximo Presidente da República de Angola.

Observadores eleitorais da ROJAE-CPLP

As eleições estão a decorrer nas 18 Províncias de Angola, em 164 Municípios e 561 Comunas, havendo 13.212 Assembleias de Voto (AV) e 26.443 Mesas de Voto (MV).

De acordo com dados oficiais há mais de 14 milhões de eleitores.

A província de Angola com maior número de eleitores é Luanda, com 4.670.797 eleitores, seguindo-se a Huíla (1.235.527), Benguela (1.201.071) e o Huambo (1.103.685).


por Luís dos Santos, Angola

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -