Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Julho 24, 2024

Ano do Macaco celebrado em Lisboa

Ano do MacacoA 30 de Janeiro, no Martim Moniz, ocidente e oriente juntam-se para celebrar a chegada do novo ano chinês.

A Câmara Municipal de Lisboa e a embaixada da China uniram-se para celebrar a chegada do Ano do Macaco. Entre as 11h e as 17h, o Largo do Martim Moniz irá transformar-se numa festa da cultura chinesa, com a actuação de vários grupos artísticos.

O ministério da Cultura da República Popular da China seleccionou artistas vindos da China para representarem o melhor daquele país. Entre os grupos da comunidade chinesa em Portugal, estarão a dança do leão da BLIA Portugal, dança de tambores da Associação das Mulheres Chinesas em Portugal, grupo de Professores e alunos da escola chinesa de Lisboa, entre muitos outros.

No dia 31 de Janeiro, o espectáculo repete-se pelas 15horas no Jardim da Estrela, com a actuação de 15 dos grupos convidados. Os grupos de artistas vindos da China irão ainda fazer uma tournée por cidades do norte e do sul de Portugal.

Esta festa terá também uma componente solidária, organizada pela Liga de Jovens Luso-chineses. Estarão a ser recolhidas peças de vestuário, ao longo do dia 30 de Janeiro, no Largo do Martim Moniz e no Largo do Intendente. Os bens recolhidos serão doados a organizações de cariz social da Freguesia de Arroios.

 

Sobre o Ano Chinês do Macaco

Segundo o horóscopo chinês, os nativos dos anos de macaco são indivíduos inteligentes, hiperactivos e com uma personalidade forte. Determinados a resolver os problemas, conseguem fazê-lo, muitas vezes, de forma criativa e inesperada.

Para o ano de 2016, esperam-se mudanças a vários níveis. É um ano propício a correr riscos e a ser ousado, embora com precaução.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -