Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Barack Obama: “um bom dia” para a diplomacia

barackobama

“This is a good day!”. Foi com estas palavras de esperança (‘hoje é um dia bom’) que o Presidente americano Barack Obama iniciou a sua declaração à imprensa, este Domingo, na Casa Branca. Em causa estava a confirmação da libertação de um grupo de americanos e o consequente levantamento de sanções ligadas ao pacote do nuclear, num gesto que foi encarado como uma vitória da diplomacia sobre o confronto político.

O triunfo diplomático foi elogiado pelo Presidente, enfatizando que foram asseguradas importantes conquistas: “graças ao acordo nuclear alcançado, o Irão não poderá desenvolver uma arma nuclear; e esta manhã quatro americanos ilegalmente detidos foram oficialmente libertados e estão de regresso a casa”.

Entre o pequeno grupo de pessoas que viajou de avião de Teerão para Genebra estava Jason Rezaian, o correspondente do Washingston Post, a sua mulher Yeganeh Salehi, ambos detidos “há 545 dias”, segundo relatou um comunicado da família do casal.

Um dos elementos desse “acordo histórico” é a redução do programa nuclear do Irão “exclusivamente para fins pacíficos”, pode ler-se no comunicado oficial emitido pela Casa Branca. Com este avanço diplomático, o Presidente americano acredita que se poderá ter evitado “um novo conflito no Médio Oriente”, criando até condições mais vantajosas para poder abordar outros assuntos polémicos, como o recente incidente que levou à detenção de uma dezena de marinheiros americanos capturados em águas territoriais iranianas.

Naturalmente, apesar de não resolver as várias questões pendentes entre os dois países, como a permanência de vários cidadãos americanos detidos no território, este acordo “abre uma janela de oportunidade única” para permitir “o progresso em diversas frentes”.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -