Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Julho 12, 2024

Cavaco dá posse ao novo Governo com ameaças

João de Sousa
João de Sousa
Jornalista, Director do Jornal Tornado

Editorial

Fiel à sua prática política de líder de facção e não de Presidente de todos os Portugueses, Cavaco Silva, no seu discurso da tomada de posse do novo governo, profere um conjunto de declarações que atenta contra as instituições e contra todas as regras relacionadas com o seu regular funcionamento.

Da omissão da garantia de cooperação institucional, ficando-se pela oferta de “lealdade”, aos votos de sorte a Passos Coelho, negados a António Costa e, na sua qualidade de primeiro ministro, negados igualmente ao País, até à patética ameaça de demissão de um governo a que acaba de dar posse e em cujo diz não confiar, de tudo o que é característico da personalidade de Aníbal Cavaco Silva este discurso foi recheado.

Ainda bem que faltam poucos meses para o fim do seu mandato. Na minha opinião, o pior chefe de estado que Portugal teve desde a sua fundação. O seu segundo mandato fica marcado pelo estigma da parcialidade e pelos prejuízos que causou a Portugal.

A história não irá poupar quem tão mal desempenhou as funções de figura primeira do Estado.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

1 COMENTÁRIO

Comentários estão fechados.

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -