Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Dezembro 9, 2022

China: Xi avança contra as “tecnológicas”

Xi Jinping quer alcançar o controlo absoluto de tudo. A ofensiva, sob a bandeira da “corrupção” avança agora sobre as “tecnológicas”.

As recentes desventuras e desgraças de Jack Ma, afinal, foram apenas o sinal anunciador do que aí vem e que acaba de ser anunciado, na ‘subtil’ língua de pau de Pequim. Xi Jinping tem, na sua guerra pelo controlo absoluto de um poder absoluto, usado acusações de corrupção para liquidar todos os que suspeita que se lhe oponham e todos os que crê poderão vir a opor-se-lhe. E a “corrupção” tem funcionado bem… Jack Ma que o diga (se alguma vez puder). As restantes grandes “tecnológicas” chinesas não vão, porém, ficar rir-se do homem que ainda há pouco era apontado como o exemplo do sucesso tecnológico da China.

O nosso amigo Bill Bishop, do “Sinocism”, tem notícias que deixam a tremer todo o sector tecnológico chinês. E não só… Ora, veja-se:

Xi promete… 2022 será o ano da “corrupção” nas “big tech”. Mas também nos governos regionais e no comércio de cereais.

Os economistas e outros “analistas” que nas últimas três décadas andaram a explicar-nos muito doutamente que o desenvolvimento da economia chinesa e a sua inserção no mercado global trariam inevitavelmente a democracia para a grande China (não é verdade, Bill Clinton, Bush & Cª…?) eram (são) mesmo umas… bom, o nome fica à sua escolha.


Exclusivo Tornado / IntelNomics

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -