Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Outubro 5, 2022

Com certeza pessoas boas também votaram em Hitler

Um encontro histórico entre um dos maiores artistas brasileiros, Caetano Veloso, com um dos maiores músicos britânicos, Roger Waters, rendeu uma conversa profunda e complexa sobre questões que assaltam a humanidade neste momento. O crescimento do fascismo no mundo. O que estaria levando os trabalhadores a votar na extrema-direita? Por que pessoas boas recorrem a líderes totalitários, como Jair Bolsonaro?Em um vídeo de pouco mais de 30 minutos, Waters, que além de ser ex-membro da banda Pink Floyd, é um conhecido ativista pelos direitos humanos e em defesa da implantação do Estado Palestino, fala sobre os efeitos do neoliberalismo na vida das pessoas comuns.

Para ele, é óbvio que este aparente desespero por encontrar uma espécie de “salvação” em qualquer político que tenha boas frases de efeito é resultado da implementação da agenda neoliberal que afeta diretamente o cidadão comum de forma negativa, uma vez que as pessoas são privadas das questões sociais e impulsionadas a pensar e viver apenas por dinheiro. “As pessoas estão nesse desespero por causa da agenda liberal”.

Neste sentido, Caetano destacou que também há pessoas boas que vão votar em Bolsonaro, não são todos os eleitores do candidato da extrema-direita partidários do fascismo e de discursos excludentes. Waters não titubeou “eu tenho certeza de que pessoas boas também votaram em Hitler. Que erro horrível ter todas essas pessoas boas votando em Bolsonaro”.

Caetano e Waters também falaram sobre a responsabilidade da grande imprensa neste cenário e uma vez mais o ex-Pink Floyd não deixou barato: “isso que estamos falando aqui não seria veiculado pela grande imprensa em lugar nenhum do mundo, eles são comprados, é parte do plano de narrativa”.

O registro da conversa foi feito pela Mídia Ninja, importante coletivo da imprensa alternativa brasileira.

Assista ao vídeo na íntegra:

 

 

Texto em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV / Tornado

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -