Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Agosto 15, 2022

Comunidade cigana sob ameaça na zona de Moura

ciganos

A organização SOS Racismo desloca-se esta 5ª-feira, a Moura e Stº Aleixo da Restauração para falar com as comunidades ciganas. De acordo com alertas que recebeu, desde o fim do Verão, estas estarão a ser vítimas de situações “que mais lembram a actuação do ku klux klan de meados do séc. passado”.

José Falcão, da SOS Racismo afirma que “algumas destas situações já vieram a lume; alguns responsáveis políticos já por lá passaram sem se dignarem falar com as vítimas destes actos de pura barbárie cujo objectivo é causar o medo, tentar que abandonem a aldeia, ou mesmo expulsar a comunidade cigana da zona”.

E acrescenta “Estas situações agravadas com a atuação intimidatória da GNR, têm de fato levado a que algums pessoas estejam a dormir ao relento, nomeadamente um que é cego pois uma das casas incendiadas foi a sua”.

O SOS Racismo, que já teria tomado conhecimento de algumas destas situações, tem vindo a aguardar que as autoridades actuem, tendo em conta que seriam do conhecimento das instituições.

Uma vez que tal não se terá verificado, e a convite dos associados ciganos da zona, a SOS Racismo decidiu deslocar-se “para falar com a referida comunidade, chamar a atenção para a situação e instar as autoridades a agir”.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -