Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Junho 15, 2024

Crédito Consolidado: O que é e quando é vantajoso?

Imagine uma família que tem, todos os meses, a prestação do crédito habitação, do carro, do crédito pessoal que pagou as últimas férias e de outro crédito pessoal que deu imenso jeito quando faltou dinheiro em casa.

Consegue imaginar que o valor retirado todos os meses será elevado e, para melhorar a situação, o débito será feito em diferentes dias do mês o que promove a tentação de fazer mais gastos. Esta é uma situação, infelizmente, bastante comum.

Claro que, actualmente, existe uma forma de melhorar estas condições: juntar todos os seus créditos num único crédito consolidado. Vamos explicar-lhe tudo o que precisa saber sobre esta solução que promete fazer a consolidação de créditos e dar-lhe diversas vantagens.

Em que consiste o crédito consolidado?

Como funciona o crédito consolidado afinal? O crédito consolidado resolve exactamente o problema descrito, através da junção de todos os créditos num só. Com esta junção conseguirá pagamentos únicos, taxas de juros menores, prazo de pagamento fixo e, na maioria dos casos, prestações mais baixas.

Caso esteja na situação descrita anteriormente, já se imaginou a ter algum extra disponível todos os meses?

Qual a grande desvantagem da consolidação de créditos?

A solução de crédito consolidado pode ser incómoda a longo prazo: você terá mais dinheiro disponível na sua conta, se a gestão não for controlada.

Ter mais dinheiro disponível não é o problema, afinal poupar alguns euros mensalmente é sempre bom, mas essa condição irá promover o aumento do consumo. Esse consumo pode ser simples e não provocar outras consequências, mas também pode levar ao aparecimento de novas dívidas.

Claro que se mantiver o controlo financeiro e orçamentar todos os seus gastos, tomará decisões com mais consciência e, consequentemente, o crédito consolidado irá dar-lhe muitas vantagens.

5 momentos em que o crédito consolidado é uma opção vantajosa

1. Despesas muito altas ao final do mês

Caso sinta que tem despesas muito altas mensalmente e que necessita diminuir esse valor, o crédito consolidado oferece essa vantagem. De prestações mensais de 1000€ pode passar a prestações de 400€, por exemplo.

Se já é agradável quando tem mais 50€ ao final do mês, imagina conseguir um valor superior? No entanto é importante saber que esta opção é melhor para uma soma de créditos superior a 5 mil euros.

2. Pouco dinheiro disponível após pagamentos

Como se já não chegasse o valor das prestações ser elevado, o dinheiro disponível após os pagamentos também não é agradável. E se conseguisse aumentar o valor disponível após os pagamentos e ter mais dinheiro para um jantar fora de casa ou para comprar algo que realmente deseja?

Devido à diminuição das prestações após a consolidação de créditos, o valor disponível na conta aumenta. Mas atenção, mantenha o controlo das finanças, e não caia no aumento do consumo.

3. Sentimento de desorganização a nível financeiro

Uma das prestações cai a dia 5, outra a meio do mês e outra no final. Dia 6 tem imenso dinheiro na conta, mas não sabe qual o verdadeiro saldo disponível, portanto porque não tirar apenas 10€?

Os débitos em diferentes dias podem levar a uma sobrecarga da própria pessoa que se tem de lembrar quando é feito cada depósito e, ainda, qual o valor que ficará disponível no final. Para evitar este sentimento de desorganização, o crédito consolidado faz o débito sempre no mesmo dia.

Desta forma, no dia do débito, saberá qual o valor disponível para o resto do mês.

4. Necessidade de poupança mensal

Muitas vezes existe uma necessidade de poupança, mas é impossível devido à quantidade de créditos e ao valor pago nos mesmos. Com a consolidação de créditos terá alguma folga financeira e pode investir em poupanças.

Deve, no entanto, lembrar-se de evitar comportamentos consumistas, caso contrário a poupança transforma-se em dívidas.

5. Necessita de financiamento?

Já tem diversos créditos, mas necessita de financiamento para a aquisição de uma habitação ou para um novo projecto? Acreditamos que terá alguma dificuldade em obter o seu novo crédito pessoal. No entanto, com o crédito consolidado, terá a possibilidade de financiar o seu novo projecto e ainda obter os benefícios anteriores.

Claro que, com um novo financiamento, a poupança mensal pode ficar comprometida.

Para concluir, é importante referir que este crédito é indicado para todos mas existem algumas situações que são menos propícias a uma experiência vantajosa, como uma idade superior a 80 anos, uma situação profissional instável, a soma de créditos ser inferior a 5 mil euros, os rendimentos não serem declarados em Portugal ou estar em incumprimento com os bancos.


Receba regularmente a nossa newsletter

Contorne a censura subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -