Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Maio 30, 2024

Dinheiro sombra e o complexo militar-industrial

Nélson Abreu, em Los Angeles
Nélson Abreu, em Los Angeles
Engenheiro electrotécnico e educador sobre ciência e consciência. Descendente de Goa, nasceu em Portugal, e reside em Los Angeles.

O California Disclose Act – AB 249 foi aprovado na Assembleia da Califórnia. Isso obriga as forças políticas a divulgar as fontes de financiamento. O governador Jerry Brown pode assinar a lei até 15 de Outubro, o que tornaria mais difícil comprar anúncios enganadores sobre iniciativas de lei feitas por corporações mas anunciadas como propostas de cidadãos.

Por exemplo, os nomes orwellianos são comuns, como a iniciativa dos “californianos contra os custos de cuidados de saúde mais elevados” que foi financiada por companhias de seguros e não por cidadãos comuns. As pessoas estão cansadas da influência do dinheiro secreto e os californianos estão a apresentar um modelo alternativo.

A nível federal, no entanto, a decisão Citizens United do Supremo Tribunal dos Estados Unidos decidiu que os candidatos federais podem receber somas ilimitadas de financiamento de campanhas através de comités obscuros de acção política. O Supremo equipara dólares a liberdade de expressão, ampliando os interesses de dinheiro, tornando as eleições mais próximas de 1 dólar, 1 voto do que 1 pessoa, 1 voto.

Esse tipo de influência observa-se quando os dois principais partidos nos EUA oferecem apoio bipartidário raro para certas indústrias poderosas. O último exemplo: os senadores votaram 89-9 para aprovar a medida, conhecida como Lei de Autorização de Defesa Nacional; A Câmara já adoptou uma versão similar. Os 9 votos dissidentes vieram dos Senadores Bob Corker (Republicano, Tennessee), Kirsten Gillibrand (Democrata, NY), Patrick Leahy (D-Vermont), Mike Lee (R-Utah), Jeff Merkley (D-Oregon), Rand Paul (R-Kentucky), Bernie Sanders (Independente, Vermont) E Ron Wyden (D-Oregon).

O surpreendente orçamento de US $ 700 mil milhões fornece US $ 640 mil milhões para as operações básicas do Pentágono – US $ 37 mil milhões a mais do que o presidente Trump pediu – e outros US $ 60 mil milhões para operações de guerra no exterior, especialmente no Iraque, na Síria, e no Afeganistão.

O senador Rand Paul, Republicano com tendências libertárias, é céptico em relação à política externa intervencionista e governos grandes que fomentam o socialismo e a influência dos monopólios e milionários. Bernie Sanders é proponente do modelo social democrata Europeu com um papel maior do governo, logo prioriza o ensino superior universal – que o aumento do orçamento militar de US $ 80 mil milhões sozinho poderia pagar – e seguro de saúde universal.


Senator Rand Paul on America’s unlimited, unconstitutional wars

Senator Bernie Sanders discusses the defense budget on the Senate floor

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -