Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Dezembro 8, 2021

Concertos do 2º fim-de-semana do Festival de Sintra

Conheça o programa dos concertos do próximo fim-de-semana do Festival de Sintra, que faz este ano a sua 52ª edição

Tradição e Modernidade, eis a essência do Festival de Sintra 2017 – olhar para o futuro sem perder o passado, confrontar o minimalismo de Wim Mertens com o pianismo romântico, o mais puro classicismo vienense.

A Áustria tem um lugar de relevo na programação do Festival, apresentado também em formações musicais fora dos cânones, que pretende lembrar pela Música as conexões internacionais de Sintra.

É desta forma que o Director Artístico do Festival de Sintra, Prof. Adriano Jordão, define a edição de 2017.

Festival de Sintra

A agenda da 52ª edição do festival começou a 5 de Maio e prolonga-se até 27 de Maio. Os concertos e actividades inerentes ao Festival têm lugar no concelho de Sintra. Estando espalhadas por diferentes salas de espectáculos, bem como em ruas, praças e jardins, através da iniciativa “Sons de Rua”.

Para este fim-de-semana estão agendados 4 concertos. Três de pianistas russos: Vladimir Viardo, Anna Malikova e Kristina Miller-Koeckert. E um de um português: Mário Laginha com as Orquestras Escolares de Sintra.

Um dos grandes pianistas russos e uma figura de grande relevo a nível da pedagogia internacional apresenta um robusto programa, perfeitamente na tradição dos grandes recitais de Sintra.

À integral do Segundo Caderno de Prelúdios de Debussy seguem-se dois olhares de Rachmaninov sobre obras de Tchaikovsky e Fritz Kreisler. E na segunda parte ouviremos a versão de Franz Liszt de oito dos mais conhecidos trechos lieder de Schubert, bem no espírito vienense que impregna todo o Festival.

12 de Maio, às 21H30
Palácio Nacional de Queluz

Mais uma grande pianista russa e que apresenta a integral dos Prelúdios op,34 de Dmitri Shostakovich, que preenchem integralmente a segunda parte do recital. E na primeira parte voltamos totalmente ao “espírito de Sintra”, com obras de um compositor em que Malikova é superlativa: Frédéric Chopin.

13 de Maio, às 16H30
Centro Cultural Olga Cadaval

Com Orquestras Escolares de Sintra

Mário Laginha articula a sua carreira sempre com a partilha de experiências com outros músicos e outros caminhos artísticos. Junta-se agora às Orquestras Escolares de Sintra para nos trazer a sua visão da música portuguesa, baseado na pesquisa de Michel Giacometti e Fernando Lopes Graça e do seu monumental Arquivo da Música Tradicional Portuguesa.

Trata-se de arranjos que tem apresentado um pouco por todo o mundo e que proporcionará um momento único aos jovens que, na tão apaixonante experiência das Orquestras Escolares de Sintra, levam a Música às escolas da rede pública do concelho de Sintra e agora se apresentam no Festival de Música.

13 de Maio, às 21H30
Centro Cultural Olga Cadaval

Trata-se de uma das mais brilhantes representantes jovens da escola russa de piano.

Radicada na Alemanha desenvolve uma intensa carreira internacional e traz até Sintra um programa eclético, com obras de Tchaikovsky e Rachmaninov, o já tradicional Chopin e o virtuosismo da Rapsódia Húngara nº2 de Liszt e a brilhante transcrição de George Cziffra da “Trich-Trach Polka” de Johann Strauss.

14 de Maio, às 16H30
Quinta da Piedade

Preços: Entre 10 a 20 euros, por concerto

Pode consultar a programação completa em 52º Festival de Sintra

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -