Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Grande Mesquita de Damasco

Guilherme Antunes
Licenciado em História de Arte | UNL

Ideologicamente, uma mesquita representa aos olhos do mundo islâmico, o local por excelência onde se opera a difusão da palavra divina.

A sua privilegiada arquitectura é erigida com grande amplitude, contrariamente ao desiderato cristão, para permitir, sem restrições, a participação respeitosa e militante dos crentes, homens e mulheres, ainda que a estas lhes fosse obrigatório uma maqsura que frequentavam para o cumprimento dos seus deveres religiosos. A arquitectura da mesquita é orientada para Meca, tem estrutura de tipo basilical e deslumbra-se com temas decorativos. De igual modo, a água é imprescindível para as abluções, o que determinou inúmeras vezes a escolha do local do edifício. Se assim não for, a água é conduzida através de um sistema condutor subterrâneo.

Perante a evidência irrefutável quanto ao mais antigo marco do esplendor do Islão, acompanhado da sua visibilidade actual, a Cúpula do Rochedo (obra concluída no ano de 691) na terra de Jerusalém, é na Síria e na sua capital, Damasco, que um século depois, se constrói a mesquita das mesquitas, o símbolo vivo do orgulho de toda uma nação, ainda nos primórdios do que viria a ser uma referência planetária de cultura, de conhecimento científico e, concomitantemente, de tolerância religiosa. Primeiro, assimilando com humildade e pragmatismo as influências coevas, depois, quando foi caso disso, colaborando vigorosamente, nem sempre de modo próprio, embora, mas fazendo-o com a sensibilidade diferente, com a visão outra de quem, na diversidade, pode e deve conviver em fraternidade.

Informação adicional

País: Síria
Altura: 77 m
Inauguração: 715 d.C.
Início da construção: c. 636
Fim da construção: c. 638
Material: Mármore
Função: Mesquita
Estilos arquitetônicos: Arquitetura islâmica, Arquitetura omíada
Sepultamentos: Saladino, João Batista, Ibn al-Shatir


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorStreet art em Sampa
Próximo artigoStreet art em Sampa
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -