Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Setembro 28, 2021

Index da Liberdade de Imprensa 2017

Paulo Vieira de Castrohttp://www.paulovieiradecastro.pt
Autor na área do bem-estar nos negócios, práticas educativas e terapêuticas. Diretor do departamento de bem-estar nas organizações do I-ACT - Institute of Applied Consciousness Technologies (USA).

Trata-se de um instrumento de avaliação e defesa da liberdade de expressão e informação utilizado por agências  como as Nações Unidas, pelo Banco Mundial, a UNESCO, o Conselho da Europa, isto de entre outras instituições internacionais.

Este  ranking é da responsabilidade dos Repórteres Sem Fronteiras.

Mas, o que dirá esta apreciação global a propósito dos territórios de  expressão portuguesa?

Portugal está em 18º lugar (23º em 2016). Cabo Verde está no 26ºlugar (32º em 2016). De salientar que a Espanha se encontra no 29º lugar deste ranking. A França em 39º e a Inglaterra em 40º. Os EUA estão em 43º lugar desta lista.

A Guiné Bissau aparece na 77ª posição. Moçambique em 93º. O lugar 98 vai para Timor. O Brasil  fica-se  pelo 103º posto. Angola está em 125º ( 123º em 2016).

No fim desta lista, no  180º lugar,  temos a  Coreia do Norte. Antes está a Eritrea, o Turkmenistão, a Síria, e um pouco melhor, ainda, a China e o Vietnam.

Nos primeiros lugares estão países como Noruega, Suécia, Finlândia, Dinamarca, Holanda. Segue-se-lhes, no 6º lugar, a Costa Rica, o pais cuja constituição proíbe a existência de forças armadas.

Repórteres Sem Fronteiras

Porque acreditam que a liberdade de expressão e de informação se tornou essencial à evolução de todos os seres sencientes,  os jornalistas do Repórteres Sem Fronteiras estão  integralmente comprometidos com a verdade. Nem que para isso se torne necessário correr risco de vida.

Em 30 anos de existência, os  “RSF” criaram uma rede  de correspondentes  distribuídos por mais de 130 países.

O Mundo necessita de mais exemplos destes. Obrigado “RSF” !

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -