Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Maio 24, 2022

Júlio II, Rafael

Guilherme Antunes
Guilherme Antunes
Licenciado em História de Arte | UNL

Retrato do Papa Júlio II, de Rafael. Michelangelo, Leonardo Da Vinci e Rafael formam a tríade de grandes mestres do Alto RenascimentoHá três versões desta pintura, sendo consensual que o original é este, que se encontra na National Gallery. Este papa politicamente importante, era um amante das artes, e patrocinou algumas das mais importantes obras-primas da Arte de todos os tempos.

Sob a sua autoridade papal, Michelangelo pintou a Capela Sistina e Rafael deslumbrou-nos com a decoração de vários frescos das sumptuosas Salas Vaticanas, etc.

Paleta de intensidade vermelha, rica, entre as vestes de algum peculiar drapeado branco e as barbas igualmente brancas que usou já velho, apenas por um ano. Como motivo de apreciação da sua energia, o pintor escolheu, talvez deliberadamente, a convicção com que o papa agarra a cadeira com a mão esquerda e a forma como segura o lenço com a direita.

Um dos meus quadros eleitos de Rafael.

Retrato do Papa Júlio II

Artista Rafael
Dimensões 1,08 m x 81 cm
Material Tinta a óleo
Período Alta Renascença
Assunto Papa Júlio II
Local de exposição National Gallery, National Portrait Gallery (Londres)

Rafael 1483-1520

Rafael Sanzio, foi um mestre da pintura e da arquitectura da escola de Florença durante o Renascimento italiano.

Iniciou os seus estudos com o mestre da Úmbria, Pietro Perugino.

Entre 1504 e 1508, Rafael viveu em Florença, onde recebeu a influência de Michelangelo e de Leonardo da Vinci.

Em 1508, foi convidado pelo papa Júlio II para ir a Roma, para decorar com frescos vários recintos do Vaticano. No primeiro deles, a Stanza della Segnatura, Rafael pintou uma de suas maiores obras, “A Escola de Atenas” (1509-1511).

O seu corpo está sepultado no Panteão de Roma.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -