Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Julho 24, 2024

Leci Brandão: Lembranças de Dona Ivone Lara, “essa joia tão rara”

Leci Brandão entrou para o samba através da porta que Dona Ivone Lara ajudou a abrir. Mulheres negras, cantoras e compositoras populares, artistas pioneiras e conscientes – sobram afinidades entre as duas.

A convite do Prosa, Poesia e Arte e do PV, Leci gravou um emocionante depoimento em homenagem à sua “generosa” e “carinhosa” amiga, que faleceu há um ano, em 16 de abril de 2018.

Há três lembranças em destaque no vídeo. Uma delas remete a 1965, ano em que Ivone se tornou a primeira mulher a ter um samba-enredo gravado por uma escola de samba. A composição vencedora, na ocasião, foi Cinco Bailes da História do Rio, parceria da cantora com Bacalhau e Silas de Oliveira para a Império Serrano. “Ela ganhou depois de ter feito tantas obras no Império – mas ela não podia aparecer. Desta vez, não teve jeito”, diz Leci. 

Leci Brandão e Dona Ivone Lara, ao lado de Gilberto Gil e Monarco, em evento no Sesc Itaquera, em 2004

Em 1974, no segundo momento, as duas sambistas se conhecem pessoalmente. Leci passa a cantar nas rodas do Teatro Opinião, que ficava em Copacabana, no Rio, e era um dos mais celebrados do Brasil, ao lado do Arena e do Oficina, de São Paulo. Dona Ivone Lara já se apresentava com sucesso por lá. “Ela era o ponto alto da noitada de samba do Opinião”, resume Leci. “A Dona Ivone, naquela época, tocava um cavaquinho muito bom.”

A terceira recordação se volta para 1985. É quando Leci compõe, com Zé Maurício, Isso É Fundo de Quintal. Entre os artistas citados na letra, uma das mais belas na carreira de Leci, está a “grande dama do samba”, no verso “E dona Ivone Lara, esta joia tão rara, tão cheia de luz”. 

Leci também lembra dois conselhos recebidos da amiga e parceira. Primeiro: dançar “miudinho”, e não com os “pés espalhados”. Segundo: dormir cedo na véspera de show. “Ela tomava conta da gente. Sempre foi aquela mãe, aquela matriarca dentro dos grupos de samba”, avalia Leci.

Confira abaixo o depoimento inédito de Leci Brandão sobre Dona Ivone Lara:


por André Cintra | Texto original em português do Brasil

Exclusivo Editorial PV / Tornado


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -