Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023

Marinheiro

Maria Manuel Menezes
Maria Manuel Menezes
Médica pediatra em Angola e poetisa.

Poema de Maria Manuel Menezes

Marinheiro segura o leme!
Aperta forte a tua mão!
O mar é traiçoeiro, o barco treme,
não te deixes arrastar em vão…

Marinheiro de fama antiga!
Dominas o vento do mundo remoto!
Já reza na famosa cantiga,
que sobreviveste ao maremoto!

Na proa levas o estandarte,
e a protecção de Deus do mar.
Na popa aquela figura de arte,
que fizeste para dos teus lembrar.

O firmamento de cinza anoitece.
O Relâmpago clareia o mar!
A fúria do trovão ensurdece,
e ficam-te perguntas no ar…

A chuva ventosa te chicoteia.
O desespero, o medo e uma prece…
Chamaste por Tétis a sereia,
embala-te em concha e te aquece.

Onde estou, que paz é esta?
Vou no meu cavalo do mar!
Figuras no céu em festa,
nuvens limpas de encantar…

(Poema in Lua Mágica, da Chiado Editora)

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anterior
Próximo artigo
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -