Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Julho 20, 2024

Mulher entre as ondas, Gustave Courbet

Guilherme Antunes
Guilherme Antunes
Licenciado em História de Arte | UNL

“Mulher Entre as Ondas”, por Gustave Courbet, pioneiro do estilo realista francês.

Do lado do povo e querendo registar a sua vida sofrida, o pintor foi odiado por Luís Napoleão e por toda a corte. A este quadro haveria o presidente eleito (só por homens) de chicotear com grande fúria, o que considerou uma imoralidade.

Uma jovem camponesa sem nenhum ideal de embelezamento histórico, saída da sua realidade popular e nua, era mais do que a escandalizada burguesia empoleirada podia conceder. Lá se iam os padrões estéticos do Romantismo, trazendo à História de Arte o povo, francamente, como ele era, que só a interpretação marxista fazia exigir o enfrentamento, jamais cedendo a concessões sobre o retrato fiel de o que lhe pareceu uma postura moral perante a vida.

O Realismo francês se não inovou do ponto de vista técnico, teve, porém, o esclarecimento de trazer à tona da Arte os seus novos referenciais: os trabalhadores e um apoio científico que os faria afirmar a sua presença como actores históricos.


Informação adicional

Artista: Gustave Courbet
Título: La Femme dans les vagues
Criação: 1868
Local: Metropolitan Museum of Art, Nova Iorque, EUA
Material: Óleo sobre canvas
Dimensões: 65 cm x 54 cm


Nota da Edição

Gustave Courbet 1819-1877

Jean Désiré Gustave Courbet foi um importante pintor francês do século XIX, considerado um dos principais representantes do Realismo nas artes plásticas.

Além da pintura, dedicou-se ao activismo político, defendendo ideias democráticas, republicanas e socialistas. As suas ideias e acções deram-lhe fama de revolucionário e socialista, o que acabou por o prejudicar na sua carreira artística, principalmente nos meios mais tradicionais do mundo das artes.


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -