Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Dezembro 4, 2021

E no Brasil tentam apagar-se memórias

paulo-freire-1
Paulo Freire – painel, Luiz Carlos Cappellano

Paulo Freire é um dos maiores pensadores contemporâneos e é o autor de “Pedagogia do Oprimido”, de 1968. A obra é a terceira mais citada do mundo em trabalhos de ciências humanas.

A página com a biografia do autor foi alterada por um órgão do governo interino de Michel Temer que, ao que parece não pode ser revelado.

paulo-freire-2Na alteração, Paulo Freire é acusado de “doutrinação marxista” e tido como responsável por uma educação “atrasada, doutrinária e fraca”.

Um grupo que faz a monitorização de modificações feitas nas páginas da enciclopédia virtual Wikipedia identificou, na última terça-feira (28), uma alteração feita na biografia de Paulo Freire.

Foram adicionados à sua descrição trechos de um texto publicado originalmente no site do Instituto Liberal intitulado “Paulo Freire e o Assassinato do Conhecimento”.

De acordo com a pesquisa aos registos do site, a alteração teria partido de uma rede do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) que, em nota, negou que tenha feito a alteração. A rede informou, no entanto, que a mesma terá partido de outro órgão público federal que “não pode ter o nome divulgado”.

As críticas de “doutrinação marxista” em relação ao trabalho de Paulo Freire são recorrentes entre os defensores do movimento “Escola sem partido”, que tem tido grande apoio no ministério da Educação do agora governo interino.

Fonte: Agência Brasil / EBC

Nota da Edição

“Escola Sem Partido (ou Escola de Pensamento Único) é um projeto para silenciar vozes, buscar estabilidades e criar novos espaços de conforto e conformismo social, cultural e intelectual.” – Pedro Henrique Oliveira Gomes, in A falácia da Escola Sem Partido (ou do pensamento único)

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -