Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Julho 23, 2024

O “mata-mata” de Alvalade

Derby Alvalade

 

Taça coloca rivais de Lisboa em jogo pela terceira vez. Sporting ganhou os dois anteriores.

Nesta fase da Taça de Portugal o que costuma dar mesmo gozo é descobrir as surpreendentes derrotas das equipas mais fortes, face a quase desconhecidos de divisões bem inferiores. Os famosos “tomba-gigantes”, que dão magia a uma prova que pretende ser a festa do futebol. Como tudo se joga num “mata-mata” de 90 ou 120 minutos, tudo pode acontecer. Afinal, a bola é redonda e são onze de cada lado.

Mas esta máxima não se aplica de todo ao embate de amanhã no Estádio de Alvalade, onde Sporting e Benfica decidem quem vai continuar em prova. O sorteio da prova caprichou e colocou os dois vizinhos rivais frente a frente, num derby que promete muita emoção.

Esta será a terceira vez que “leões” e “águias” se defrontam esta temporada. E o saldo não podia ser melhor para o Sporting, que já venceu por duas vezes e nunca a jogar em casa, pois venceu a Supertaça em Aveiro e, recentemente, arrumou o Benfica em casa deste, com três golos sem resposta.

Um cenário, à priori, pouco optimista para o Benfica, que está arredado do pódio do campeonato, mas está a interpretar uma excelente campanha na Liga dos Campeões. Ao invés, o Sporting descarrilou na Europa, mas segue em primeiro nos carris da I Liga.

taca-de-portugal1Jorge Jesus já derrotou a sua anterior equipa por duas vezes, mas garante que ganhar ao Benfica “não é especial” para ele, que quer “ganhar todos os jogos”. Sobre o adversário não esconde que o conhece muito bem: “o software continua igual”, comentou, ironicamente, recentemente. Uma indirecta para o facto do Benfica em processo judicial acusar o seu ex-técnico de ter subtraído o “software” da Luz, mas isso são outras histórias.

A cerca de 24 horas da partida, o treinador encarnado, por seu turno, dizia “não estar preocupado”, pois é apenas “um jogo em que podemos ganhar ou perder”. E disse bem pois, efectivamente, neste derby não há espaço para empates. É um verdadeiro jogo de “mata-mata”.

Mas outros jogos desta eliminatória da Taça de Portugal podem abrir espaço aos tais improváveis heróis dos tomba-gigantes, a saber: Angrense-FC Porto; Trofense-Académica; Casa Pia-V. Setúbal; Aves-U. Madeira. Entretanto, esta eliminatória da Taça já tem um desses heróis, o Portimonense que hoje bateu o Belenenses por 3-2.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -