Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Janeiro 24, 2022

Pagode Sakamuni

Guilherme Antunes
Licenciado em História de Arte | UNL

Modesto e elegante, o pagode acabou coroado com uma torre de ferro – o símbolo do mundo budista. Ao mesmo tempo que todas as suas calhas foram equipadas com sinos.

Construído há mais de 900 anos no distrito Yinxian, mede 67,31 metros de altura, é totalmente construído em madeira. A sua construção consumiu 3.000 metros cúbicos de madeira. Trata-se do mais antigo e mais alto pagode de madeira do mundo. A obra foi iniciada na dinastia Liao (907-1125) e concluída na dinastia Jin (1115-1234). A sua forma octogonal assenta sobre uma base de 4 metros de altura. O seu diâmetro do piso inferior chega a 30,27 metros. Possui 6 pisos externos e 9 internos. Cada qual é sustentado por 52 pilares divididos em camadas internas e externas, interligadas por arcos de madeira de diversas formas, evidenciando o estilo tradicional e religioso e um soberbo conhecimento teórico sobre as leis da física. Calcula-se que o pagode usou 54 tipos de arcos de madeira diferentes entre si em cada piso – na interligação das colunas e das vigas. A complexa estrutura é inspirada nos estilos arquitectónicos das dinastias Han (206 a.C-220) e Tang (618-907).

Modesto e elegante, o pagode acabou coroado com uma torre de ferro – o símbolo do mundo budista. Ao mesmo tempo que todas as suas calhas foram equipadas com sinos. Quando o vento lhes sopra, eles tocam simultaneamente. Resistiu a numerosos terramotos, relâmpagos e tempestades. Segundo os dados históricos, ao completar 300 anos, sobreviveu a um terramoto de 6,5 graus que destruiu todas as construções em seu redor. Defendeu-se de um ataque de canhão, mas a sua estrutura não foi abalada.

Informação adicional

País: China
Província: Shanxi
Inauguração: 1056
Material: Madeira
Função: Pagode


Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Artigo anteriorStreet art em Sampa
Próximo artigoStreet art em Sampa
- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -