Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Dezembro 5, 2021

Parabéns Tom Verlaine

verlaine 1

Guitarista, fundador dos Television, faz hoje 66 anos

Embora esteja hoje a apagar 66 velas, o guitarrista e cantor norte-americano Tom Verlaine só se tornaria conhecido durante o período do punk-rock, quando fundou a banda nova-iorquina Television que editou em 1977 um extraordinário álbum – “Marquee Moon” -, verdadeiro percursor do movimento “new wave”.

verlaine 3Thomas Miller (Tom Verlaine) nasceu a 13 de Dezembro de 1949 em Denville, no estado norte-americano de New Jersey, mas cedo se mudou para Delaware, onde aos seis anos já aprendia a tocar piano, mas na escola secundária iria descobrir a sua nova paixão: o saxofone, fruto da descoberta da excelência da obra do saxofonista Stan Getz. O jovem Thomas ligava então pouco à guitarra eléctrica, até que começou a ouvir os Rolling Stones e os riffs de Keith Richards, enquanto ia exercitando os seus dotes de poeta. E quase sempre ao lado do seu amigo e colega de escola Richard Meyers (mais tarde, Richard Hell), com quem partilhava o gosto pela música e poesia.

Quando o amigo abandonou a escola secundária, fugindo para Nova Iorque, Thomas Miller segui-o, adoptando então o nome de Verlaine, em honra do poeta francês Paul Verlaine. Os dois acabariam por formar uma banda, The Neon Boys, juntamente com o baterista Billy Ficca. Mas, rapidamente, os Neon Boys se iriam transformar em Television, com a entrada do guitarrista Richard Lloyd. A banda começa então um percurso de culto, actuando em clubes punks da cidade como o CBGB e o Max’s Kansas City. O grupo rapidamente ganhou um estatuto de referência na cena rock alternativa de Nova Iorque, mas também com a dupla Verlaine/Hell em crescente conflito pessoal, que culminou com a saída de Richard Hell em 1975.TELEVISION MARQUUE MOON LP

Mas é em Setembro de 1976 que os Television iriam gravar a sua grande obra, “Marquee Moon”, mercê de um contrato discográfico com a Elektra Records. O álbum foi posto à venda em Fevereiro de 1977 e teve uma recepção positiva por parte da crítica, mas sem igual resposta por parte do público que quase ignorou o disco. Mas para surpresa de todos “Marquee Moon” iria ter êxito comercial no outro lado do Oceano Atlântico, no Reino Unido, então em plena revolução do “punk-rock”. Os Television também chegavam conectados com este movimento, mas mostravam um som bem diferente. A agressividade e simplicidade da música e das letras do punk era aqui substituída por uma malha sonora mais melodiosa, sobretudo nas guitarras, com canções bem mais intimistas, com letras de sinal poético. Em pleno reino do punk puro e duro, “Marquee Moon” mostrava outros caminhos, que seriam percorridos depois por um largo número de bandas e músicos da “new wave”.

Os Television iriam ainda editar outro álbum de originais, “Adventure”, em 1978, mas sem o brilhantismo do precedente. Tom Verlaine interpretou então uma carreira em nome próprio, com a edição de uma dezena de álbuns – o último, “Around”, data de 2006. De entre os seus álbuns a solo salientem-se, pela sua qualidade, dois deles: “Tom Verlaine” de 1979 e “Words From The Front” de 1982. Em 1992, os Television voltaram a reunir-se, mantendo-se em actividade até aos dias de hoje, dando esporádicos concertos e prometendo novo disco para breve. De entre os últimos concertos que deram saliente-se a brilhante actuação no “Beco 203 Music Festival” em São Paulo, no Brasil.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -