Diário
Director

Independente
João de Sousa

Terça-feira, Julho 5, 2022

Por que o México comemora o Dia dos Mortos?

Ana Prestes, São Paulo
Ana Prestes, São Paulo
Socióloga. Cientista política. Mestre e doutora em Ciência Política (UFMG). Atualmente está em fase de pesquisa de pós-doutorado no Instituto de Estudos Brasileiros (USP) e de doutorado no programa de pós-graduação em História na UnB. É analista internacional. Professora voluntária do Decanato de Extensão da UnB. Trabalha na Câmara dos Deputados e é pesquisadora da história da participação política das mulheres no Brasil.

A memória daqueles que já se foram em novembro é tradição comum na América Latina. No México, no entanto, as celebrações são marcadas por grandes festividades.

O dia 2 de novembro é, em toda a América Latina, uma data de memória dos mortos. No Brasil, onde a tradição católica é forte, o dia é de recolhimento, visita aos túmulos daqueles que se foram e orações.

No México e em regiões de alguns outros países da América Latina, no entanto, o dia é de celebrações e festividades. Essa tradição já era presente no povo asteca, que celebrava, no mês de novembro, a colheita e a morte, como uma parte da vida.


Texto em português do Brasil

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

Titãs cantam: “Comida”

Além Tejo (1)

A impostora

- Publicidade -