Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Maio 20, 2024

Portugal mantém liderança em Estudos da Consciência

Nélson Abreu, em Los Angeles
Nélson Abreu, em Los Angeles
Engenheiro electrotécnico e educador sobre ciência e consciência. Descendente de Goa, nasceu em Portugal, e reside em Los Angeles.

Os Simpósios “Aquém e Além do Cérebro” são realizados desde 1996 e reúnem, a cada dois anos, pesquisadores apoiados pela Fundação BIAL, entre outros. O 12º Simpósio terá lugar entre os dias 04 e 07 de Abril no Porto. Estudiosos pretendem expor as últimas pesquisas e teorias sobre os mistérios da mente e sua interação com o corpo humano para a expansão das habilidades cognitivas e bem-estar, sem perder a noção de ética. Existem técnicas e tecnologias que podem aliviar doenças como Parkinson e Alzheimer, bem como a dor, o stresse, a ansiedade e a depressão.

Métodos e técnicas de potenciação cognitiva e considerações éticas serão discutidos assim como: estados expandidos de consciência, atenção plena ou meditação e fenômenos transpessoais; e métodos tradicionais e contemporâneos para capacitar ou alterar a mente; inteligência artificial e relação homem-máquina.

De 7 a 10 de Junho, académicos de vários países, incluindo Portugal, se reúnem em Las Vegas para o 37º Congresso da Society for Scientific Exploration. Este ano, o tema principal é aplicação prática dos estudos da consciência. Nesta conferência, pesquisadores que propõem ideias fora do mainstream se reúnem para expor os seus estudos e teorias. Nesse ambiente de especulação criativa e técnica, é possível encontrar ideias que sempre serão ridicularizadas ou ignoradas, aquelas que estimulam inovações, mas também aquelas que um dia poderão ser consideradas revolucionárias e de importância histórica.

Finalmente, a Academia Internacional da Consciência, também sediada em Portugal, anunciou que o 3º Congresso Internacional da Consciência terá lugar na Califórnia em 2020. Os eventos anteriores foram em 2015 em Evoramonte e em 2017 em Miami.

A consciência é amplamente considerada como um dos mais notáveis e persistentes mistérios da ciência. O modo como entendemos o que somos (a natureza do ser ou da consciência humana) informa tudo o resto, tornando esta área uma das mais importantes e urgentes para o nosso mundo em crise e em transformação.

A natureza e a transformação da consciência são temas que os estudiosos e instituições lusófonos continuam a promover. Cada vez mais se entende as consequências deste tema para o dia-a-dia. Além do bem-estar individual, como o imaterial pode afetar o material?

O prof. Ernâni Lopes, ex-Ministro das Finanças de Portugal e um dos grandes responsáveis pela integração Europeia, já avisava antes de falecer em 2010 que a perda de valores poderia levar ao definhamento da Europa. No programa Plano Inclinado (SIC), declarou que para o pais melhorar o plano económico, a nação teria que estudar as camadas mais profundas da economia.

Antes do PIB e taxas de juro, estão fluxos de informação, que por sua vez surgem de um jogo de poder entre os vários actores e grupos de interesse. Para melhorar os resultados (menos corrupção, bem estar generalizado), temos que ir ainda mais a fundo e estudar os valores, as atitudes e os padrões de comportamento. Como podemos ter mais exigência, excelência, dureza, seriedade, honra, conhecimento, trabalho e honestidade no governo, se não são condições generalizadas nas populações, perguntara prof. Lopes, um dos mais concentuados economistas de uma geração.

Apontou para uma camada do processo económico ainda mais profunda: a da inteligência, vontade e energia. Para uma economia Europeia mais saudável em 2025, é preciso uma consciência mais saudável o mais cedo possível. A economia – assim como todos os sectores da civilização – emerge da consciência, o estudo cientifico do qual se torna imperativo nesta era de crise ecológica, econômica e sócio-política em que os limites do actual paradigma materialista-reducionista mostra indícios de esgotamento.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -