Diário
Director

Independente
João de Sousa

Segunda-feira, Setembro 20, 2021

Sanders não desiste

sanders
“Absurdos”. Foi assim que Bernie Sanders, senador do estado de Vermont e candidato às presidenciais pelo Partido Democrata, classificou os apelos para que desista da corrida.

Esta é a resposta do pré-candidato à Casa Branca depois de virem a público notícias que davam conta de declarações de Barack Obama, presidente dos EUA. O The Guardian revela que Obama terá apelado a uma união em torno da rival de Sanders, a ex-primeira-dama Hillary Clinton, como a mais provável candidata. Obama terá confidenciado a um grupo de doadores de campanha que Sanders estava perto do fim da sua campanha, e que o partido se deveria unir em breve em torno de Clinton, como relatou o New York Times.

Apesar de não fazer declarações sobre o que Obama terá dito, em privado, aos doadores, Sanders negou que a sua campanha tenha chegado ao fim. “O principal é que quando apenas metade do povo americano participou no processo político… acho que é absurdo que alguém sugira que essas pessoas não têm direito a votar”, declarou, citado pela MSNBC.

“Sugerir que não lutemos até ao fim seria, penso eu, um erro muito mau. As pessoas querem comprometer-se com o processo político através da existência de um processo de primárias e caucus muito vigoroso. Acho que abrimos a possibilidade de existir uma reviravolta em Novembro”, acrescentou Sanders.

A Casa Branca veio esclarecer que o presidente Obama não indicou qual o candidato da sua preferência nos seus comentários aos doadores.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -