Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Novembro 28, 2021

Protestos em Espanha contra Central Nuclear de Almaraz

nuclear-ecolojovem

 

O Partido Ecologista Os Verdes fez saber, através de comunicado que “saúda a iniciativa e demonstra a sua solidariedade para com as organizações de ambiente espanholas, nesta acção que consiste simbolicamente na realização de uma partida de xadrez, em que de um lado estão as energias renováveis e do outro a nuclear.”,

O PEV tem vindo a marcar, ao longo dos anos, a sua “posição contra a energia nuclear e a alertar para os perigos que constituem as centrais nucleares. Constitui maior preocupação nossa a central nuclear de Almaraz, pela proximidade à nossa fronteira (100km), pela utilização que faz das águas do Tejo, pelo facto de já ter ultrapassado o seu horizonte temporal de vida e pelos mais de 50 acidentes/incidentes que sofreu desde que entrou em funcionamento em 1983”.

“Os Verdes que têm participado regularmente, ao longo dos anos nestas iniciativas exigindo o encerramento da Central Nuclear de Almaraz, como aconteceu com a grande manifestação ibérica do passado dia 11 de Junho, em Cáceres. Temos por diversas vezes levado este assunto ao plenário da Assembleia da República e questionado o governo português.”

Recentemente, no dia 26 de Agosto, a Ecolojovem Os Verdes, desenvolveu uma iniciativa em Castelo Branco para sensibilizar a população para a necessidade de encerrar a central nuclear de Almaraz alertando para a falta de medidas, em caso de acidente nuclear, como seja o acesso da população junto à fronteira a pastilhas de iodo em quantidades suficientes, pelo que simbolicamente foram distribuídas «5 pastilhas de iodo».”

As pastilhas de iodo protegem a tiroide, em caso de libertação de iodo radioativo na atmosfera, em resultado de um acidente nuclear. Por exemplo, na Bélgica são disponibilizadas, gratuitamente, pastilhas de iodo à população que reside num raio de 100 km de centrais nucleares.

“Estamos convictos que tal como no jogo de xadrez que se realiza em Navalmoral, as energias renováveis ganharão à nuclear, porque o nuclear mais do que um jogo de interesses das grandes empresas elétricas espanholas, representa um risco elevado para o ambiente e para as populações impossível de controlar.”

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -