Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sexta-feira, Agosto 19, 2022

Prova internacional de surf em Santa Cruz até domingo

Joaquim Ribeiro
Joaquim Ribeiro
Jornalista

Começa esta terça-feira e termina no domingo, 29 de Abril, o Pro Santa Cruz presented by Oakley, prova de surf de categoria 3000 do circuito mundial da World Surf League.Realizou-se pela primeira vez em 2016, ainda como QS1000, e tem vindo a crescer ao longo das edições, contando, este ano, com 160 surfistas inscritos. Um evento que, para o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Bernardes, “é fundamental para afirmar Santa Cruz enquanto destino turístico de desportos de natureza, onde o surf se enquadra”.

Dez surfistas que estão, ou já estiveram, no circuito mundial, lideram os inscritos, numa lista encabeçada por Frederico Morais. O português sabe que irá competir no oitavo heat da terceira ronda, onde está também um dos wildcards da organização, o jovem português Afonso Antunes, local da região e um dos principais talentos do surf europeu.

Depois de três longos meses na Austrália, é óptimo voltar a casa e poder competir aqui em Santa Cruz. Competi aqui no ano passado e fui feliz, tendo alcançado o terceiro lugar, que é um bom resultado. Mesmo sendo uma prova 3000, temos aqui três surfistas do World Tour, os tops do ranking do QS, ou seja, vai ser uma prova renhida, com muito surf e é isso que eu procuro. Manter o meu ritmo e preparar-me para a próxima etapa do CT, no Brasil” Referiu Frederico Morais.

Para além de Morais e Antunes, destaque para Tiago Pires, surfista que fez parte do circuito mundial e que em Santa Cruz volta a vestir a licra de competição, depois de se ter retirado das provas internacionais em 2015.

Esta é uma prova muito importante para dar espaço a que os novos talentos comecem a brilhar, sobretudo os portugueses. Eu venho no sentido de dar o meu apoio a este campeonato porque reconheço a importância que tem para nós, portugueses, e para todos aqueles que procuram chegar ao CT. Depois, sou um frequentador habitual destas praias e quero apoiar este projecto” Explicou Tiago Pires.

Também merecedor de destaque é Miguel Blanco. Já esta temporada, numa prova de categoria similar, o surfista de Cascais conquistou a quinta posição, tendo subido bastantes lugares no ranking do QS, onde ocupa agora o 52º lugar.

O meu objectivo é tentar aproveitar este momento de forma e chegar aqui a Santa Cruz para dar o meu melhor e alcançar um bom resultado. Tenho a certeza que será uma grande semana aqui em Santa Cruz. As praias estão com bons fundos e os surfistas têm estado a surfar muito bem” Salientou.

São 21 os surfistas portugueses já confirmados no Pro Santa Cruz 2018. Para além de Afonso Antunes e Miguel Blanco, competem com wildcards os surfistas de origem francesa Kauli Vaast e Adrien Toyon, para além do surfista local Robertson Gonçalves.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -