Diário
Director

Independente
João de Sousa

Sábado, Outubro 23, 2021

“Regata em Argenteuil”

Guilherme Antunes
Licenciado em História de Arte | UNL

O mais lídimo representante do Impressionismo, o seu chefe de fila incontestado e inconstestável.

O que lhe(s) interessava era a impressão causada através da captação da luz, que fizesse deflagrar as emoções efémeras. Repare-se no dinamismo do movimento de uma vertigem de paleta cromática. Ninguém, entre eles, queria saber do tema para nada, tal a importância de tudo isto se insinuar “en plein air”.

As cores são muito divididas nos essenciais azuis, brancos, verdes e vermelhos, aqui muito demarcados. A pincelada é de um vigor bem determinado, por exemplo, nas deslumbrantes ondulações dos reflexos na água.


Claude Monet

(1840–1926)

Claude Monet foi uma figura-chave do movimento Impressionista que transformou a pintura francesa antes da segunda metade do século XIX. Ao longo da sua carreira, Monet representou paisagens e actividades de lazer de Paris e arredores bem como da costa da Normandia. Foi percursor do caminho para o modernismo do século XX desenvolvendo um estilo único que se esforçou por capturar, na tela, o acto de entender a natureza.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -