Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Maio 30, 2024

A Rendição de Breda ou As Lanças, Diego Velázquez

Guilherme Antunes
Guilherme Antunes
Licenciado em História de Arte | UNL

“A Rendição de Breda” ou “As Lanças”,  de Diego Velázquez. Velázquez foi um pintor espanhol e principal artista da corte do rei Filipe IV de Espanha.

Pintura das mais marcantes de toda a História de Arte como expressão de feito militar, mas ao mesmo tempo atendendo à elegância e generosidade do general castelhano, Ambrósio Spínola, curvando-se ligeiramente quando recebe das mãos do vencido Justino de Nasau as chaves da cidade, em que este adopta uma posição dignamente subalterna.

São inesquecíveis (ao vivo, bem sei) as tonalidades da luminosa e transparente paisagem.

Informação técnica

Tela: 3,07×3,67 – 1634

Diego Velázquez 1599-1660

Diego Rodríguez de Silva Velázquez  nascido em Sevilha, foi um pintor espanhol.

Era um artista individualista do período barroco contemporâneo, importante como um retratista. Além de inúmeras interpretações de cenas de significado histórico e cultural, pintou inúmeros retratos da família real espanhola, outras notáveis figuras europeias e plebeus.

Desde o primeiro quarto do século XIX, a obra de Velázquez foi um modelo para os pintores realistas e impressionistas, em especial Édouard Manet que chegou a afirmar que Velázquez era o “pintor dos pintores”.

A grande maioria dos seus quadros estão no Museu do Prado.

 

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante  subscrevendo a Newsletter do Jornal Tornado. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -