Diário
Director

Independente
João de Sousa

Domingo, Maio 26, 2024

Scorsese e DiCaprio financiados com desvios de fundos públicos

O filme de Scorsese e DiCaprio sobre práticas fraudulentas em Wall Street terá sido financiado com capital desviado do tesouro público da Malásia. Nem os ficcionistas de Hollywood montariam uma estória destas! Inspirado em factos reais, este filme de 2013 protagonizado por Leonardo di Caprio, relata a ascenção fulgurante de um corrector desonesto.

lobo-wall-street-ldc-msDesvio de fundos públicos

Na última quarta feira, as autoridades americanas iniciaram uma acção judicial contra a 1MBD com o objectivo de recuperar 1,4 mil milhões de dólares. Acusam o governo da Malasia, o fundador desta empresa, de produção de “O Lobo de Wall Street”, de terem enriquecido com estes fundos ilegais.

Antes de adquirir este fundo, Rizaz Aziz, genro do Primeiro Ministro da Malásia, depositara 237 milhões de dólares numa conta suiça nas Ilhas Virgens Britânicas.

A sociedade Red Granite Pictures (RGP) terá utilizado 100 milhões de dólares deste fundo ilegal para financiar o (seu) filme, quantia suficiente para o ” financiar integralmente”, segundo o The Hollywood Reporter, uma referência da indústria cinematográfica.

A RGP, que afirma colaborar com as autoridades, defendeu-se através de um comunicado:

“Nenhuma parte do financiamento recebido há quatro anos foi ilegítima e nada existe na queixa hoje apresentada que demonstre que a Red Pictures disso tivesse conhecimento.”

“Agradecemos os riscos que correram para fazer este filme.”

Esta longa metragem foi um enorme sucesso comercial do realizador Scorcese, tendo gerado receitas de 393 milhões de dólares (355 milhões de euros).

No entanto, a Ministra adjunta da Justiça, Leslie Caldwell afirmou que as futuras receitas serão confiscadas e que “a população malaia não beneficiou um cêntimo dos proveitos realizados com este filme […] este dinheiro foi para os bolsos dos familiares e associados dos responsáveis corruptos do 1MDB”.

lobo-wall-street-ldc

Ironia do destino

Ao receber o Globo de Ouro, DiCaprio agradeceu à ” equipa de produção  pelos riscos que assumiu neste filme”. Riscos que seguramente não avaliou, à imagem da personagem que encarnou.

(*) 1MDB, Malaysia Development Berhad é uma sociedade de desenvolvimento estratégico detida integralmente pelo governo da Malásia.

Fonte: AFP

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

- Publicidade -