Diário
Director

Independente
João de Sousa

Quinta-feira, Julho 7, 2022

Sem foco

Marcelo Brettas
Marcelo Brettas
Marcelo Brettas é jornalista, editor, romancista, cronista, contista e poeta. Já editou mais de mil publicações periódicas. Escreveu ainda para jornais e revistas de diversos países. Tem diversos livros publicados, sendo Tô Levitando e Florestas Imaginárias os mais recentes.

A grande maioria dos meios de comunicação de todo o mundo enxerga a invasão da Ucrânia com uma lente superdimensionada, dando mais valor ao que acontece no coração da Europa, com populações brancas, loiras e de olhos azuis, enquanto fecharam os olhos para as atrocidades que aconteceram em diversos outros países espalhados pelo mundo. Toda a situação é muito triste, não consigo ir além de uma elegia.
Flor de Maracujá
choro pelas crianças loiras
sangrando por balas e bombas russas
com os crânios furados nas ruas da Ucrânia
choro pelas crianças amarelas
tingidas por napalms americanos
queimando nuas nas matas do Vietnã
choro pelas crianças negras
fugindo da invasão russa na Ucrânia
colocadas no fim da fila pela cor da sua pele
choro pelas crianças americanas
gemendo soterradas sob Torres Gêmeas
destroçadas pelos pássaros bomba de Bin Laden
choro por crianças judias
metralhadas por nazistas alemães
e amontoadas em valas fundas de Kiev
choro pelas crianças nigerianas
raptadas ainda sãs em suas escolas
e mortas em vão pelo Boko Haram
choro pelas crianças sírias
mortas afogadas em desesperada fuga
ou por bombas americanas chovendo do céu
choro pelas crianças afegãs
crescendo e morrendo entre balas cruzadas
americanas, russas ou de seus pais
choro por crianças israelenses e palestinas
que morrem entre tiros e bombas
em nome dos deuses e de um punhado de terra
choro pelas crianças africanas
de Mali, Somália, Egito, Etiópia, Sudão, Congo…
que morrem por tiros, facadas, pauladas ou de fome
choro pela criança pobre, preta e periférica brasileira
que morre pelo preconceito e balas no peito
choro pela flor de maracujá
caída prematura ao chão
sem chance de virar fruto


Texto em português do Brasil

Receba a nossa newsletter

Contorne o cinzentismo dominante subscrevendo a nossa Newsletter. Oferecemos-lhe ângulos de visão e análise que não encontrará disponíveis na imprensa mainstream.

- Publicidade -

Outros artigos

- Publicidade -

Últimas notícias

Mais lidos

Boa pergunta

VER…

Os políticos

- Publicidade -